Londrina derrota Chapecoense fora e encosta no G-4 da Série B

  • 05/jul 21:27
    Por Estadão

    Em jogo que marcou o reencontro de Alan Ruschel, um dos sobreviventes da tragédia da Chapecoense, e o clube catarinense, o Londrina levou a melhor ao vencer por 2 a 0 na noite desta terça-feira, pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Enquanto a Chapecoense segue sem engrenar, o time paranaense se aproxima do G-4.

    Ao lado de Neto e Jackson Follmann, Ruschel foi um dos jogadores que sobreviveram ao fatídico acidente de 2016. O jogador retornou à Arena Condá, desta vez, vestindo a camisa do Londrina. Foi aplaudido pelos torcedores e se emocionou dentro de campo.

    Apesar de jogar fora de casa, o Londrina foi melhor e conquistou uma vitória muito importante em termos de classificação. O time paranaense chegou aos 22 pontos e pode começar a sonhar com o G-4. Já a Chapecoense, com 18, está mais perto da zona de rebaixamento, o que gerou muito protesto por parte dos torcedores no final da partida.

    A partida começou aberta, com ambos os clubes buscando o gol. O Londrina foi mais eficaz e abriu o placar aos 27 minutos. Douglas Coutinho fez bela jogada pela direita e cruzou rasteiro. Mirandinha deu um leve desvio para jogar a bola no fundo das redes.

    A Chapecoense tentou reagir, mas encontrou muita dificuldade para fazer a infiltração, tanto que a melhor oportunidade foi na bola parada. Na cobrança de falta, Marcelo Freitas jogou rente à trave.

    No segundo tempo, Gilson Kleina mexeu, mas o time catarinense passou a impressão de que estava sem vontade. E, por isso, foi castigado. Aos dez minutos, Douglas Coutinho aproveitou a falha da defesa adversária para recuperar a bola e tocar na saída do goleiro Vagner.

    Após o gol, a Chapecoense se entregou, diferente do Londrina, que foi para cima para liquidar a fatura. Xandão puxou Caprini dentro da área, e o árbitro marcou pênalti. João Paulo bateu e definiu o triunfo por 3 a 0.

    FICHA TÉCNICA:

    CHAPECOENSE 0 X 3 LONDRINA

    CHAPECOENSE – Vagner; Ronei, Xandão, Victor Ramos e Fernando; Marcelo Freitas (Luizinho), Matheus Bianqui (Marcelo Santos) e Lima; Chrystian (Claudinho), Éderson (Perotti) e Orejuela (Derek). Técnico: Gilson Kleina.

    LONDRINA – Matheus Nogueira; Denilson (Augusto), Saimon, Gustavo Vilar e Alan Ruschel; João Paulo, Gegê e Mossoró (Luis Mandaca); Caprini, Douglas Coutinho (Dudu) e Mirandinha (Matheus Lucas). Técnico: Adilson Batista.

    GOLS – Mirandinha, aos 27 minutos do primeiro tempo. Douglas Coutinho, aos dez, e João Paulo, aos 41 minutos do segundo tempo.

    CARTÕES AMARELOS – Marcelo Freitas, Marcelo Santos, Matheus Bianqui e Xandão (Chapecoense); João Paulo e Saimon (Londrina).

    ÁRBITRO – Rafael Rodrigo Klein (RS).

    RENDA – R$ 95.710,00.

    PÚBLICO – 4.699 pagantes.

    LOCAL – Arena Condá, em Chapecó (SC).

    Últimas