Grand Prix feminino de Jiu-Jitsu marca Outubro Rosa em Petrópolis

19/out 14:10
Por Redação/Tribuna de Petrópolis

Petrópolis sedia, pela primeira vez, uma disputa feminina de jiu-jitsu marcando o Outubro Rosa, mês de prevenção ao câncer de mama e abrindo um campeonato que tem a ambição de fazer parte do calendário oficial esportivo da cidade. São oito atletas do Rio, Curitiba e de Petrópolis que iniciam na Cidade Imperial nesta quarta-feira (20) a disputa pelo cinturão do ‘Vouk Challenge – rumo ao SFT’, com a final sendo realizada, em São Paulo, no Standout Fighting Tournament, maior evento de MMA brasileiro. As lutas desta quarta serão exibidas pelo Youtube no dia 29 e a final será ao vivo, pela Band, no dia 30, a partir das 22h. O campeonato tem o apoio do Petrópolis Convention & Visitors Bureau que está recepcionando as atletas com o suporte das empresas do trade turístico. A pesagem das competidoras será nesta quarta, às 10h, no Hotel Vila Bavária.

O Grand Prix Feminino (até 70kg) reúne nomes como Maria Carolina Joia, Maria Cabral, Gabriela Carvalho, Maynne Freitas, Raquel de Oliveira, Débora Soares, Beatriz Freitas e Vitória Vieira, destaques no Brasil da atualidade, que se enfrentarão no dojô da VOUK, no Vale do Carangola, com a chancela do SFT. A final do GP ocorrerá no ‘SFT 30 – Outubro Rosa’. As lutas serão transmitidas dia 29 no canal Tatame Play no YouTube, mídia que há 27 anos atua no segmento das artes marciais, no canal do YouTube do SFT, e no Instagram da Vouk.

Está já é a quarta edição do especial Outubro Rosa do SFT e na Cidade Imperial o evento está sendo realizado pela Vouk Quimonos, uma das maiores marcas do mundo e que é de Petrópolis. As lutadoras seguem protocolos sanitários com apresentação da vacinação em duas doses e serão acompanhadas por um coach e no tatame apenas uma árbrita. O público online para assistir remotamente as disputas é de milhares de pessoas em todo o mundo. “Além do evento em si e sua função esportiva e de caráter de conscientização, é uma visibilidade extraordinária para a cidade e para incentivar ainda mais o calendário esportivo do município e ainda promover o turismo”, considera Fabiano Barros, presidente do Petrópolis Convention & Visitors Bureau.

“As melhores lutadoras estarão aqui nesta disputa, que mostra o protagonismo das mulheres neste esporte, coloca nossa cidade no cenário das disputas e marca o Outubro Rosa”, explica Gabriel Teixeira, empresário e lutador dono da Vouk Quimonos que ambiciona promover mais eventos para incentivar o esporte na cidade. “Este é um evento 100% feminino e online, mas no futuro pretendemos ter disputas presenciais também trazendo público para a nossa cidade”, completa Gabriel.

A Vouk Quimonos é uma empresa petropolitana criada há quatro anos e que se tornou uma das referências no mundo na confecção de roupas para lutas. E ela foi iniciada com uma produção caseira, dos irmãos Filipe e Gabriel Teixeira, ambos lutadores, que começaram a produzir os próprios quimonos e também para os amigos. Com família tradicional no ramo de confecção, a produção artesanal e diferenciada de Gabriel e Filipe acabou se expandido com muitas encomendas. Hoje, a Vouk produz mais de 1,3 mil roupas por mês e vende para o mundo inteiro.

São apoiadores do evento o Hotel Casa do Sol, Vila Bavária, Hotel Grão Pará e Petiscaria Imperial.

Últimas