Giro da Tribuna pelo Esporte: Podemos ter novo recorde de petropolitanos nos Jogos de 2024?

16/ago 14:17
Por Roberto Márcio, especial para a Tribuna de Petrópolis

Neste ano, tivemos Gustavo Leral, Henrique Avancini, Gabriel Borges e Daniel Chaves como representantes petropolitanos nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Foi um número recorde de presentes em uma edição olímpica, que já contou com outros mais – o caso recente de Rafael no futebol masculino em Londres 2012 e que foi medalhista de prata. Porém, com um período mais curto do ciclo olímpico(vem aí Paris 2024), podemos ter mais atletas daqui da Cidade Imperial?

Afinal, quem poderia integrar uma delegação brasileira na famosa capital francesa? É claro que os nomes de momento são raros e em três anos muita coisas vai acontecer. Creio que todos que estiveram em Tóquio têm boas chances de retornar a partis 2024. No caso de Avancini, caso siga como o principal brasileiro em sua modalidade, terá a chance de pela terceira vez buscar a inédita medalha para o Brasil. No seu esporte, porém, as maiores apostas para uma vaga recaem em Giuliana Salvini Morgen, a Giugiu, que começou a ranquear internacionalmente.

Atualmente em oitavo lugar na categoria Junior Series, Giugiu é uma competidora que vem alcançando rapidamente o sucesso no mountain bike feminino. Começou em 2017 e hoje está no topo do ranking brasileiro na sua categoria e uma das favoritas para faturar a Copa Internacional, que aliás era já é a atual campeã juvenil. A sua preparação é muito profissional e acredita-se que em três anos estará apta a brigar por uma vaga na seleção brasileira. Ela própria sonha com essa vaga e trabalha diariamente para isso.

Eliminação precoce do Leão da Serra na Copa Rio preocupa

O Serrano foi eliminado da Copa Rio. O Pérolas Negras venceu o Leão da Serra por 2 a 1, no domingo pela manhã no estádio Atílio Marotti em prosseguimento do duelo que havia começado no sábado, mas a neblina obrigou a conclusão no dia seguinte. O resultado não caiu bem, principalmente pelo fato de não ter mostrado todoo seu poder de reação diante de um rival com quem vai brigar pelo título do Campeonato Estadual da Série B1 deste ano.

Eliminação precoce do Leão da Serra na Copa Rio preocupa 2

Agora é pensar na estreia na B1, que será no dia 19 de setembro fora de casa contra o Serra Macaense. Mas para quem aspira a condição de brigar pelo título estadual e o consequente acesso à Série A 2 em 2022 precisa muito ainda. O trabalho começou para valer há um pouco mais de um mês e ficou visível que o Serrano, no duelo de fim de semana, precisa entender que o Atílio Marotti é o campo dele e que, portanto, vai precisar treinar mais aqui.

Eliminação precoce do Leão da Serra na Copa Rio preocupa 3

O Pérolas Negras fechou o grupo dos times classificados para a segunda fase da Copa Rio,. Com ele, garantiram a presença na briga pelo título o Americano, América, Campo Grande, Duque de Caxias, Art Sul, Sampaio Corrêa e Maricá. No próximo dia 25 começa tudo de novo, sendo que o jogo de abertura será entre o Americano e Boavista e o Pérolas, que eliminou o Serrano, enfrentará o Bangu no mesmo dia, entre outros jogos da competição.  

Piloto do Serrano recebe convite para participar das Mil Milhas, em SP

Considerada uma das provas mais tradicionais do automobilismo brasileiro, as Mil Milhas de São Paulo está marcada para janeiro de 2022. E na edição será possível ter a fila dos carros um petropolitano: Amntônio Vieira, atualmente na equipe Rosset e que corre pelo Serrano, foi convidado por uma equipe a partiicpar da prova paulista. Segundo o piloto, as negociações estão bastante adiantadas e em breve anunciará todos os detalhes de sua presença no evento.tar neste ano no Campeonato Estadual da Série B1.

Avancini ressalta suas conquistas em sua rede social

Na sua página no Instagram, o petropolitano Henrique Avancini ressaltou as suas conquistas após ter vivido a frustração por não ter trazido para Petrópolis a tão sonhada inédita medalha no mountain bike. No post lembrou que sonhava em participar de uma Copa do Mundo e conseguiu esse feito 20 vezes, sendo quatro delas no pódio.  Venceu um Mundiale ganhou 61 provas UCI, sendo o segundo maior vencedor de todos os tempos.

Interesse pelo vôlei já se equipara ao futebol e futsal

Em número de participantes em campeonatos oficiais, o Campeonato Municipal de Vôlei – masculino e feminino – já se equipara ao futebol e futsal – modalidades que dominam a LPD -, o que revela uma reoientação não apenas administrativa, mas atende a uma demanda que cresce muito no município. Ao lado da jogadora máster e técnioca, Márcia Verônica, a entidade bota fé na competição que vai começar no mês que vem.

Handebol terá versão mini a partir de setembro, no Petropolitano

O handebol também se prepara para voltar a normalidade no município. A partir do dia primeiro de setembro, o Petropolitano reabrirá as suas portas para a modalidade desenvolver a modalidade na categoria de mini. A ideia é treinar todas as quartas-feiras, no ginásio José Borzino, no Valparaíso nos horários de 18 às 19 horas. Os aprontos serão dados pela atleta e treinadora Vanessa Pelli.

Federação de Futsal vai abrir inscrição para curso de arbitragem

A Federação de Futsal do Rio vai abrir inscrição para o curso de arbitragem a partir do próximo dia 31. O objetivo da entidade é formar novos juízes para atuarem em partidfas oficiais da entidade e em todo o estado do Ruo. As aulas serão presenciais e prtáticas, sendo que boa parte do curso vai oferecer a opção online, sempre às terças e quintas-feiras. As inscrições podem ser feitas no site www.futsalrj.com.br.

Últimas