Giro da Tribuna pelo Esporte: Petrópolis pode receber semi do Brasileiro de futebol máster

  • Continua após o anúncio
  • Continua após o anúncio
  • 31/jan 15:35
    Por Roberto Márcio, especial para a Tribuna

    A Interfut e o Serrano querem trazer para o estádio Atílio Marotti o clássico Botafogo e Vasco, mas pelo futebol de veteranos. Contudo, apesar de ter sugerido o setentão campo, tudo dependerá do avanço da Covid-19 em Petrópolis. E a julgar pelo ritmo do avanço da pandemia da Ômicron, dificilmente a Prefeitura vai liberar público para a partida que trará para cá jogadores que fizeram história por seus clubes.

    Sem uma data confirmada, a partida do chamado “clássico da paz” estava prevista para fevereiro. A pandemia pôs freios nas pretensões do Leão da Serra em promover um jogo no Atílio, sendo que seriam disponibilizados mais de mil ingressos para a partida. Em campo, os vascaínos contariam com jogadores como Fabrício Carvalho, Maciel e Odvan, enquanto o Botafogo tem à sua disposição Túlio, Sandro, Joílson e Júnior César.

    Retomada do Agita Petrópolis será anunciado nesta terça

    Nesta terça-feira, o programa Agita Petrópolis ganhou um novo impulso com o anúncio de parcerias com o Governo do estado. No último fim de semana, o presidente da Câmara Municipal, Hingo Hammes, anunciou em um vídeo por meio de suas redes sociais que novidades sobre a volta das atividades físicas nas comunidades. Iniciado em 2017, este é o maior programa esportivo do município.  

    Atleta de treinador petropolitano projeta otimismo para 2022

    Depois de uma temporada que o sagrou como um maratonista nato, Daniel Ferreira do Nascimento, o Danielzinho, não pode reclamar. A temporada de 2021 foi quando marcou sua estreia na modalidade maratona e na qual correu três provas de 42 km 195. A estreia do pupilo do petropolitano Jorge Luís Silva foi uma vitória de ponta a ponta na Maratona do Bicentenário do Peru, em Lima, onde obteve o mais rápido índice olímpico.

    Atleta de treinador petropolitano projeta otimismo para 2022 2

    Começou neste mês a transição da temporada de Daniel Ferreira e aproveitou para tirar umas merecidas férias na cidade de Paraguaçu Paulista, no interior de São Paulo, onde visitou amigos e familiares. “Essse período de transição é importante. É no período de transição (férias e lazer) que se tem como objetivo recuperar-se após o grande esforço realizado durante o processo de treinamento e competições da temporada”, disse o treinador.

    Atleta de treinador petropolitano projeta otimismo para 2022 3

    Daniel Ferreira embarca para o Quênia em fevereiro para iniciar seus treinos em um Centro de Treinamento, ao largo de Item (2400 msnm). O treinador do atleta comentou a importância do descanso para depois seguir a um dos lugares mais importantes para preparação de maratonistas.  “Neste período de descanso, a transição visa a recuperação física e psicológica após longo período de trabalho árduo que Danielzinho teve. O descanso é merecido!”, avalia Silva.

    Programa esportivo muda de local no Caxambu

    O projeto Transformando Vidas Pelo Esporte, feito em parceria entre a Liga Petropolitana de Desportos, Enel Distribuição Rio e da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude do Governo do Rio, trocou de lugar em um dos seus polos. Os alunos do Caxambu agora realizam as aulas em um novo local no estádio Santa Isabel, cujo clube já jogou campeonatos oficiais do município.

    Programa esportivo muda de local no Caxambu 2

    600 crianças, dos seis aos 17 anos, são atendidas pelo projeto Transformando Vidas Pelo Esporte, que está presente em 10 comunidades. Cada núcleo em um bairro, possui acompanhamento de um professor e um estagiário de educação física, e um agente comunitário. Nas aulas de futebol e futsal estão nas quadras do Castelo São Manoel, Alto da Serra, Bataillard, Boa Vista, Independência, Bingen, Fazenda Inglesa, Valparaíso, Carangola e no Caxambu.

    Equipe reforça time para brigar pelo bi brasileiro de Stock Car

    A equipe de Petrópolis A.Mattheis Vogel terá o argentino Matías Rossi para a temporada de 2022. O piloto guiará pelo terceiro ano seguido na categoria e será companheiro do atual campeão Gabriel Casagrande. Mauro Vogel, chefe da equipe A.Mattheis Vogel, comemorou o acerto com Rossi. Ele já estará na pista no dia 13 de fevereiro na abertura do Campeonato Brasileiro de Stock Car.

    Equipe reforça time para brigar pelo bi brasileiro de Stock Car 2

    A escuderia petropolitana segue otimista com chegada de reforço para temporada. “O Matías é um piloto muito rápido que teve uma boa adaptação na Stock Car, sempre competitivo e tenho certeza que faremos um grande trabalho juntos. Nosso time tem dois pilotos de muito talento, então vamos seguir trabalhando para lutarmos por pódios, vitórias e tentarmos repetir o título de 2021”, diz o chefe de equipe, o petropolitano Mauro Vogel.

    Últimas