Giro da Tribuna pelo Esporte: Esportes antes marginalizados agora são referência verde e amarela

28/jul 14:34

O surfe e o skate nunca foram tão falados em todo o país como nos últimos dias. Responsáveis por três medalhas brasileiras nos Jogos Olímpicos de Tóquio – uma de ouro e duas de prata – as modalidades viraram o xodó de todos com atuações mágicas de Ítalo, Rayssa e Kelvin que ganharam as manchetes dos meios de comunicação. No entanto, a caminhada até aqui não foi fácil.

O surfe, na época da Ditadura Militar, era considerado um esporte de pessoas sem emprego e que, portanto, marginalizadas. O skate não foi diferente, embora esteja associada a rebeldia e tudo aquilo que a cerca. Hoje, são esportes profissionais com atletas altamente capacitados que nada devem aos estrangeiros.

O primeiro ouro veio justamente com Ítalo Ferreira, que é o número um do ranking da WSL, o portiguar que se tornou o primeiro campeão olímpico da história. Na semana que vem, Letícia Bufoni e companhia disputam a outra modalidade do skate. Vem mais medalhas por aí? Não sabemos. O que é fato é que os ditos esportes – antes marginalizados – se transformaram em uma referência verde e amarela.  

Rival do Serrano na Copa Rio goleia em amistoso

O Serrano terá pela frente como o primeiro desafio em 2021 o Pérolas Negras, no dia cinco de agosto no estádio do Trabalhador, em Resende no jogo de ida pela Copa Rio. Se o Leão da Serra conquista bons resultados em amistosos, o mesmo pode se dizer do adversário, que no sábado passado goleou o Tigres do Brasil por 5 a 0 (gols de Hudson, Kalu, Josimar, Cristian e Guedes).

Piloto petropolitano que corre pelo Serrano estreia nova equipe

O petropolitano Antônio Vieira, que disputa o Campeonato Paulista de Fórmula 1600, estreou na equipe Rosset na etapa do último fim de semana, no Autódromo Velocitta, em Mogi das Cruzes (Sâo Paulo) . A escuderia pertence ao ex-piloto Rodrigo Rosset. “No momento, estou me adaptando a tudo: carro, equipe e categoria. Estou muito motivado e espero bons resultados”, disse ele, que foi o sexto colocado na prova.

Paraatleta petropolitana se prepara para competições em outubro

A paraatleta petropolitana, Fabiana Soares, esteve muito próxima de ser uma das representantes brasileiras na esgrima adaptada nos Jogos Tóquio 2020, mas o cancelamento dos eventos seletivos previstos para este ano afastaram a competidora do maior evento internacional. Ela já retornou aos treinos e se prepara para a 1ª Copa Nacional e Torneio Satélite de  paraesgrima, previsto para acontecer do dia dia primeiro a três de outubro, em São Paulo.

Petropolitano vai discutir planos para o segundo semestre

A diretoria do Petropolitano abre nesta semana um amplo debate sobre o que o clube poderá desenvolver nas áreas social e esportiva até dezembro de 2021. Paralisado desde março do ano passado por conta da pandemia, o alvinegro quer recuperar o tempo perdido e vai trabalhar em consonância as medidas sanitárias adotadas pelo Governo Municipal para conter a expansão da Covid-19. O presidente, Arnaldo Rippel, está otimista para retornar, ainda que em menor ritmo, as atividades no clube.

Henrique Viana segue treinando atletas de Crixás, interior de Goiás

Fundador da equipe Pé de vento há 34 anos, o médico Henruique Viana se mudou há dois anos para o estado de Goiás, onde lá exerce a medicina. Atualmente na cidade de Crixás, ele não abandonou o seu trabalho de treinar atletas de alto nível e segue preparando Thiago Ferreira da Silva, José Márcio Leão da Silva, Silvano Lima Pinto, Fábio Sanches e Jozi Cardoso. Já a Pé de Vento continua em Petrópolis, no comando do filho de Henrique, Henriquinho Hoeltz.

Petrópolis Night Run pode promover evento virtual como “aquece” para 2022

Com pouquíssimas chances de promover sua edição neste ano, a organização da Petrópolis Night Run podem promover neste ano um evento virtual que servirá como um “aquece” visando a prova oficial em 2022. Segundo um dos organizadores, Vicente Ricardo, a atividade seria para manter a chama acesa da popular corrida de rua do município. Vale lembrar que esta é a prova mais badalada da modalidade na Cidade Imperial, tendo acontecido sete edições.  

Pedro do Rio recebe Itaguaí pelo Estadual de futsal sub-20

A Federação de Fuitsal do Rio definiu para o próximo sábado, em Petrópolis o duelo entre Pedro do Rio e Itaguaí pela terceira rodada do primeiro turno do Campeonato Estadual de futsal sub-20. O time petropolitano, comandado pelo técnico Ney Marcos, treina nesta segunda-feira no ginásio do clube do quinto distrito, às 20 horas e na quinta-feira no mesmo horário.

Últimas