Festival Imperial de Cinema começa com oficinas e estreias de filmes

  • 18/10/2017 13:15

    Entre os destaques do Panorama Nacional com estréias em Petrópolis, longas e documentários, painéis de debates sobre os grandes temas da política do áudiovisual no Brasil e filmes internacionais, estão na programação. Oficinas para crianças e workshops para atores estão com inscrições abertas no site www.festivaldepetropolis.com. Tudo gratuito. Para os filmes do II Festival Imperial de Cinema exibidos no Theatro D. Pedro serão distribuídas senhas uma hora antes das sessões.

    Os Workshops, “Atuação em Jogo” para atores profissionais será ministrado por César Baptista, dias 19 e 20 no Palácio de Cristal das 13h às 17h, e “Preparação de Atores para Cinema” ministrado por Hsu Chien dia 21, das 13h às 18h, na sala Multimídia do Museu Imperial,para maiores de 18 anos. A Oficina Cinematográfica Infantil “Bombando o meu Canal”, para o público de 11 a 13 anos, com foco na produção de filmes para o Youtube, será nos dias 19 e 20, das 13h às 15h, na Sala Multimídia do Museu Imperial, com os professores Dostoiewski Champangnatte e Jeana Kamil.

    Na abertura do festival que leva o patrocínio da Águas do Imperador e o apoio da Prefeitura de Petrópolis, o filme “João, o Maestro”, que será exibido no dia 18 de outubro, às 20h, no Theatro D. Pedro, traz a história do maestro João Carlos Martins vivida magistralmente pelo ator Alexandre Nero.

    Entre os filmes, estreias estão reservadas para Petrópolis como “Maverick: Caçada no Brasil”; o filme estrelado por Cauã Reymond “Não Devore meu Coração”, bem como os documentário inéditos “Coragem! Muitas Vidas de Paulo Evaristo Arns” e “Gabeira”– entrevistas com personalidades, traçando a própria trajetória do jornalista – ambos da Globo News. Estreia internacional é o “Ladies of Science”, documentário de produção irlandesa.

    Entre os favoritos do Panorama nacional estão o longa dirigido por Selton Mello, com elenco internacional, “O Filme da Minha Vida” e o de Laís Bodansky, “Como Nossos Pais”, estrelado por Maria Ribeiro, Clarisse Abujamra e Paulo Vilhena, um dos mais comentados da temporada.  

    Para os cinéfilos, série Musas do Cinema Francês, filmes com as estrelas Catherine Deneuve, Jane Maureaux, Brigitte Bardot, e outras. Filmes infantis também integram a programação do festival, trazendo para a criançada diversão e envolvimento com a telona.

    As mesas de debates prometem agitar o II Festival Imperial de Cinema, com a presença de cineastas, produtores, artistas e autores, enriquecendo a cena cultural. O painel “Bravo: A Nova Série Documental da TV Brasil –desafios da produção em TV pública; o debate “Trilha Sonora – A Música Origina do Cinema” após a palestra de Tim Rescala com o tema “”Música, a Sublime Arte da Incerteza”; debate sobre o tema “Adaptação Literária para o Cinema”; e ainda um bate-papo com o tema “Respeitando as Diferenças” com o diretor do filme “Gostosas, Lindas e Sexies”, Ernani Nunes, que fala de moças “plus size”. . O destaque é a sessão infantil “As Aventuras do Pequeno Colombo”, que levará à UCP 130 crianças da rede pública de ensino para assistir ao filme, após receberem a doação de óculos no seu grau. Trata-se da Ação Social do festival, que vai continuar e beneficiar até 400 crianças.


    Últimas