Feira de cervejas: Deguste acontece amanhã

  • 11/03/2016 09:05

    A segunda edição da Deguste – Feira de Cervejas Artesanais, acontece amanhã,dia 12, na Praça Visconde de Mauá. A primeira edição do evento que entrou para o calendário da cidade foi um sucesso e para esta segunda edição estão previstas ainda mais atrações. A feira será das 11h às 22h e é uma promoção da Deguste, com o apoio d a Fundação de Cultura e Turismo, e da A CervA Petrópolis – Associação dos Cervejeiros Artesanais de Petrópolis.Nesta segunda edição, onze cervejarias participam do evento, e são elas: Antuérpia, Besten, Bohemia,Buda Beer, Cazzera, Cervejaria Real, Cidade Imperial, Da Côrte, Duzé, Imperatriz e Weltenburger.Os food trucks Aconchego Carioca, Annunciata e Mineiroca, e os quiosques do Agridoce Bistrô,Gelato Imperial, Paleteria do Barão, Recreio do Bacalhau,Vielen Defumados, Fit4m e e Dona Carmô garantirão a boa comida. As bandas petropolitanas Chutando o Balde, Tokaia e On The Rocks prometem a animação do público.A presidente da FCTP, Drica Madeira, falou em nota recentemente que a realização da feira chegou para atender uma demanda dos amantes da cerveja.“É um evento onde as pessoas podem ver a diversidade de cerveja que é produzida aqui. Há, ainda,outro aspecto, que é ocupação dos espaços públicos pela população. Vimos as famílias indo a um espaço que é incomum para o uso coletivo. Muito bom fazer parte desse processo, participar ativamente de uma iniciativa como essa, de promoção da cerveja artesanal no município, num evento que alimenta e incentiva o nosso Circuito Cervejeiro, já previsto em lei municipal”, destacou.A feira será também uma oportunidade dos cervejeiros estarem divulgando seus trabalhos. De acordo com Rodrigo, a Deguste quer chamar a atenção dos amantes da cerveja, acima de tudo daqueles que não conhecem cerveja artesanal. “Que essas pessoas venham ao evento e que comecem a aprender a degustar a boa cerveja. Outro ponto importante é trazer para a feira pessoas que queiram fazer negócios, investidores. Pessoas que queiram investir em novas fabricações, cervejeiros que ainda não têm seu produto legalizado”, fala.Em Petrópolis há seis pequenos cervejeiros e dois grandes que são as Cervejarias Imperial e Bohemia,o dado não inclui a Cervejaria Itaipava,pois a empresa não está dentro do conceito artesanal. Porém, segundo Rodrigo, este número é pequeno sendo que na cidade há vários amantes de cerveja que produzem para consumo próprio, algumas vezes fora doestado. “Arrisco dizer que teríamos uns 50 ao todo produzindo cerveja em Petrópolis. Tem muita gente fabricando por hobby em casa. Eles não têm a cerveja registrada e muitos estão em busca do MAPA (Registro do Ministério da Agricultura). Nosso trabalho é justamente trazer a produção para dentro do estado, porque as pequenas produzem suas cervejas em outras fábricas, muitas vezes fora doestado. Essa é a nossa missão, desenvolvero micro e pequeno cervejeiro”,fala. Os números são estimativas de Rodrigo e sem fontes oficiais.De acordo com a Fundação de Cultura e Turismo, entre os principais objetivos da feira estão transformar Petrópolis na capital da cerveja artesanal, fomentar o turismo e gerar receita para a cidade, fortalecer o setor de cervejarias artesanais na região serrana do Rio de Janeiro, promover e divulgar as marcas de cervejas, ampliar o mercado consumidor e abrir oportunidades de negócios.A diretora de Turismo, Evany Noel, disse que o evento será fundamental para solidificar o trabalho que está sendo feito para instituir a rota cervejeira de Petrópolis como um produto turístico e cultural. “Os produtores estão se dedicando cada vez mais, e muitos deles estão se tornando empresários. Esse evento irá colaborar na divulgação de Petrópolis como um polo cervejeiro,estimulando outros cervejeiros a abrir seus estabelecimentos para a visitação”, diz.Evany ainda falou sobre o interesse que o assunto despertou por meio da divulgação. “Este é o primeiro evento e o convite foi enviado para todo o Brasil, o público quer vir para conhecer as cervejas e também pela programação cultural que será oferecida. A Deguste vai criar uma expectativa no público e chamará atenção tanto dos turistas,quanto dos petropolitanos que terão mais uma opção de entretenimento e cultura”, afirma.  

    Últimas