FEESPE traz variedade de espetáculos e artistas, com debate da influência do teatro na sociedade

22/fev 13:10
Por Vivian Dutra

O Festival de Esquetes e Espetáculos de Petrópolis (FEESPE) inicia sua 8ª edição na próxima segunda-feira (22) e se estende até o dia 28 de fevereiro. Esse ano, o evento que movimenta a atividade artística da cidade, será realizado inteiramente no formato on-line, por meio das plataformas Zoom e Youtube. Nos sete dias de programação, o público vai ter acesso gratuitamente a oficinas, esquetes, espetáculos e rodas de conversas com a participação de mais de 100 artistas de diferentes segmentos, entre os quais atores, bailarinos, músicos e técnicos.

Este ano, o FEESPE é realizado com o incentivo da Lei Aldir Blanc e tem como proposta, promover um encontro de profissionais voltados para formação do ator e debater o fazer teatral. Participam do evento artistas de Petrópolis e de cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Bahia. Entre as convidadas especiais estão a atriz, diretora e roteirista de televisão, Cecília Boal e a atriz, diretora, dramaturga e transpóloga, Renata Carvalho. De acordo com a organização, o evento está mais abrangente. “O evento envolve toda arte cênica, além das oficinas para atores teremos duas oficinas de dança e apresentações de espetáculos de Circo e música”, conta o idealizador do projeto, Rodolfo Medeiros.

A oficina “A alquimia na performance do ator”, ministrada pela atriz Joice Marino, abre as atividades do FEESPE na segunda (22), às 10h. A aula terá duração de uma hora e meia pela plataforma zoom. No mesmo dia, a programação segue com a apresentação do espetáculo “Cenas Circense”, do Coletivo Ran Circo Teatro Popular, às 19h, pelo Youtube, seguido pela esquete “Acorda Amor”, às 20h. O primeiro dia encerra com roda de conversa, com o tema “O ator performático”, às 20h30, também pelo canal do youtube do evento.

Entre os grupos que se apresentarão no festival estão, além dos que abrem o FEESPE no dia 22, o Grupo de Teatro da Melhor Idade, com o espetáculo Improvisos na Quarentena, no dia 23 ; Grupo Povo do Cafundó, com Casa das margaridas, dia 24; CIA Entre Mares, com Coisas Tais, dia 26; Satura Companhia de Teatro, com Jorge – O Santo Guerreiro, dia 27; e Coletivo Foco de Teatro, com Contos de Grimm, no dia 28. A maioria das apresentações de espetáculos ocorrerá às 19h, exceto a do dia 27, que será às 18h e no dia 28, às 16h.

As rodas de conversa, que contarão com a participação de artistas diversos, colocam a atividade teatral no meio de discussões de grande relevância para a sociedade. Diariamente um tema será colocado em debate, entre os quais o Teatro com ferramenta de inclusão social, no dia 23; A invisibilidade do negro na arte, dia 24; Teatro como ferramenta política, dia 28; além de abordagens mais técnicas como Teatro e Gênero: do palco a platéia, no dia 25; Utilização da linguagem não verbal para muito dizer, dia 26; e Teatralidades: modos de fazer em qualquer circunstancia, no dia 27.

A exibição das montagens teatrais será sempre pelo Youtube do evento, assim como as esquetes, que serão transmitidas sempre após os espetáculos, com horário fixo, às 20h. As oficinas serão organizadas pelo zoom, assim como as rodas de conversas, mas essas também serão transmitidas ao vivo pelo Youtube.

Programação

22/2

10h às 11h30 – Oficina “A alquimia na performance do ator”, com Joice Marino, pela plataforma Zoom
19h – Apresentação do Espetáculo “Cenas Circense”, do Coletivo O Gran Circo Teatro Popular, no youtube
20h – Apresentação da Esquete “Acorda Amor”, no youtube
20h30 – Realização da roda de conversa: “O ator performático”, plataforma Zoom e transmissão pelo youtube

23/2

10h às 11h30 – Oficina “A alquimia na performance do ator”, com Joice Marino, na plataforma Zoom
19h – Apresentação do Espetáculo “Improvisos na Quarentena”, do Grupo de Teatro da Melhor Idade, no youtube
20h – Apresentação da Esquete “Se Vivêssemos em um Lugar Normal”, no youtube
20h30 – Realização da roda de conversa: “Teatro com ferramenta de inclusão social”, plataforma Zoom e transmissão pelo youtube

24/2

10h às 13h – Oficina “Raízes do movimento”, com Fernanda Dias, plataforma Zoom
19h – Apresentação do Espetáculo “Casa das margaridas”, do Grupo Povo do Cafundó, no youtube
20h – Apresentação da Esquete “Macacos”, no youtube
20h30 – Realização da roda de conversa: “A invisibilidade do negro na arte”, plataforma Zoom e transmissão pelo youtube

25/2

10h às 12h – Oficina “Raízes do movimento”, com Fernanda Dias, plataforma Zoom
19h – Apresentação do Espetáculo “Laços”, no youtube
20h – Apresentação da Esquete “É menino” , no youtube
20h30 – Realização da roda de conversa: “Teatro e Genero: do palco a platéia”, plataforma Zoom e transmissão pelo youtube

26/2

15h às 17h – Oficina “Teatro a partir do mínimo: linguagens teatrais”, com Sidney Carneiro, plataforma Zoom
19h – Apresentação do Espetáculo “Coisas Tais”, da CIA Entre Mares, no youtube
20h – Apresentação da Esquete “O Rei, o povo e o Bufão”, no youtube
20h30 – Realização da roda de conversa: “Utilização da linguagem não verbal para muito dizer…” , plataforma Zoom e transmissão pelo youtube

27/2

10h às 12h – Oficina “A sabedoria do corpo”, com Silvia Marques, plataforma Zoom
18h – Apresentação do Espetáculo “Jorge, O Santo Guerreiro”, da Satura Companhia de Teatro, no youtube
20h – Apresentação da Esquete “Pastora do Lixão, no youtube
20h30 – Realização da roda de conversa: “Teatralidades: modos de fazer em qualquer circunstancia”, na plataforma Zoom e transmissão pelo youtube

28/2

10h às 12h – Oficina “Mulheres em cena – Caminhos para construções autorais”, com Ana Cecilia Reis, plataforma Zoom.
16h – Apresentação do Espetáculo “Contos de Grimm”, do Coletivo Foco de Teatro,no youtube
20h – Apresentação da Esquete “Panchito Gonzales, no youtube
20h30 – Realização da roda de conversa: “Teatro como ferramenta politica”, plataforma Zoom e transmissão pelo youtube

Últimas