Farmácia é furtada na Rua do Imperador

  • Continua após o anúncio
    Continua após o anúncio

  • 25/05/2016 16:59

    Uma farmácia localizada na Rua do Imperador, na altura do número 277, foi furtada no início da tarde de hoje, por volta das 12h30. De acordo com funcionários do local, que preferiram não se identificar, o homem que aparenta ter 25 anos já era conhecido dos funcionários que vinham suspeitando da ação do suspeito. Ainda segundo testemunhas, ele colocou diversos produtos de perfumaria dentro de uma sacola e quando foi abordado pelo gerente da loja tentou fugir.

    Dois funcionários da farmácia foram atrás do suspeito e conseguiram imobilizá-lo. A Polícia Militar foi acionada e levou o homem para a 105ª Delegacia de Polícia. De acordo com uma testemunha, o ao ser indagado sobre o motivo do roubo, o rapaz afirmou que começou a furtar por necessidade, mas a prática acabou se tornando um vício. Um dos funcionários afirmou ainda que o mesmo homem já havia levado outras coisas da farmácia, como desodorantes, xampus, entre outras coisas. Porém, ninguém tinha conseguido abordá-lo ainda. 

    “Ele entrava e quando a gente menos esperava já tinha saído. Então começamos a perceber que os produtos de perfumaria sumiam. A partir daí passamos a prestar atenção em cada movimento dele, para que pudéssemos realizar a abordagem e acionar a polícia”, explicou um dos trabalhadores da farmácia que preferiu não se identificar. 



    Homem, com diversas passagens criminais, é preso em supermercado em Itaipava  

    Na noite da última terça-feira, por volta das 19h30, um homem de 57 anos foi detido pela polícia militar, em um supermercado em Itaipava, localizado na Estrada União e Indústria. O suspeito foi detido por um funcionário do estabelecimento que acionou as autoridades. Segundo informações, o homem foi até o supermercado para comprar um aparelho eletrônico, no valor de R$ 300. Na ocasião, tentou usar um cartão de crédito para fazer o pagamento, mas a compra não foi autorizada. Em seguida, o homem apresentou um documento que não batia com as informações do cartão. Desconfiado, o funcionário acionou a Polícia Militar, que encaminhou o suspeito para a 106ª Delegacia de Polícia, em Itaipava. 

    Na DP, foi constado que ele tinha um mandado de prisão ativo e possuía 8 anotações criminais, entre elas por furto, cárcere privado e por constranger alguém à conjunção carnal, mediante violência ou grave ameaça. A ocorrência foi registrada pelo subtenente Vaner. 






    Últimas