Fábrica da Minalba em Petrópolis encerra as atividades, depois de mais de 50 anos de existência

02/set 11:42
Por Janaina do Carmo

Depois de mais de 50 anos de existência, a fábrica da Minalba Brasil, em Petrópolis, encerrou suas atividades na quarta-feira (1). A unidade funcionava na Mosela e produzia a água mineral Petrópolis. Aproximadamente 60 funcionários foram demitidos. Em nota, a assessoria da empresa afirmou que a decisão de fechar a fábrica “atende à visão da empresa sobre o novo modelo de negócio, em virtude do atual contexto em que o país está inserido”.

Também na nota, a assessoria informou que “continuará atendendo o Rio de Janeiro com suas marcas e reitera o compromisso com todos os seus clientes e consumidores de manter a qualidade de seus serviços e produtos. A Minalba Brasil reforça que todas as medidas foram tomadas com total respeito e apoio aos colaboradores diretamente impactados”.

A assessoria disse ainda que apenas a fábrica de Petrópolis foi fechada. O grupo tem ainda unidades em outras seis cidades do país. São elas: Horizonte (CE), Santa Rita (PB), Dias d’Ávila (BA), São Lourenço (MG), Campos do Jordão (SP) e Perus (SP). Todas as unidades geram cerca de três mil empregos diretos.

A marca pertenceu a Nestlé até 2018 quando houve a fusão com a Minalba, do grupo de Edson Galvão, dono também da marca Indaiá. A partir dessa união surgiu um novo gigante no mercado de água mineral com o objetivo de ser líder dessa fabricação no país.

Últimas