Estudantes já podem se inscrever na Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Rio

  • 03/ago 12:04
    Por Redação/Tribuna de Petrópolis

    Está chegando mais uma edição da FECTI – Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação, o maior evento de ciências voltado para a educação básica do Estado do Rio de Janeiro. Em sua 16ª edição, a feira é destinada à apresentação de projetos de pesquisa de estudantes dos ensinos Fundamental II, Médio e Técnico das redes pública e privada de ensino. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 5 de setembro. Todas as informações estão disponíveis em https://www.cecierj.edu.br/divulgacao-cientifica/fecti/

    Realizada anualmente pela Fundação Cecierj, a Fecti atrai jovens que aproveitam o evento para apresentar os trabalhos que estão sendo desenvolvidos na escola. É o caso de Luna Teles Fernandes, de 16 anos, do Colégio Estadual Sol Nascente, em Cachoeiras de Macacu. Ela é autora do projeto ‘Biodiversidade na palma da mão: o uso de app para conservação’ que foi premiado na edição do ano passado (2021). Luna ganhou uma bolsa Iniciação Científica Júnior (ICJ – CNPq).

    “Cachoeiras de Macacu conta com várias unidades de preservação da Mata Atlântica, a exemplo do parque estadual Três Picos. O meu projeto é identificar, através do aplicativo inaturalist, espécies não conhecidas e até ameaçadas de extinção”, explicou Luna que é aluna do segundo ano do Ensino Médio. Ela disse que a repercussão do prêmio foi “enorme e incrível”, tanto na família quanto entre os colegas e professores.

    “Todos ficaram bem orgulhosos de mim e do projeto. A premiação teve um papel muito importante, pois me fez acreditar mais em mim e na minha capacidade. A Fecti é muito interessante para o desenvolvimento dos estudantes, pois nos dá a chance de estudar ciências e tecnologia na nossa adolescência”, disse a jovem aspirante a cientista.

    Como participar da FECTI

    Os alunos de 6º ao 9º ano devem inscrever seus projetos nas categorias de Ciências no Ensino Fundamental II; e os estudantes do Ensino Médio e Técnico nas categorias Ciências Biológicas & da Saúde, Ciências Exatas e da Terra, Desenvolvimento de Tecnologia ou Interdisciplinar (projetos de Arte e Ciência, Ciência e Sociedade, Ciência e Esporte, Educação e Ensino de Ciências, História da Ciência).

    Os projetos podem ser desenvolvidos individualmente ou em grupo de até três alunos. Cada professor poderá participar em até quatro projetos; já o estudante somente poderá se inscrever em um projeto. Cada escola poderá concorrer com até quatro projetos, com possíveis exceções no caso de feiras de ciências colegiais afiliadas.

    Apresentação e premiação dos projetos finalistas

    Os projetos finalistas serão apresentados e avaliados pelo comitê científico em um evento a ser realizado na cidade do Rio de Janeiro, em dezembro. Ao final será realizada a cerimônia de premiação. A exposição será aberta e gratuita para visitação. Este ano, a FECTI irá conceder troféu para a escola onde foi desenvolvido o primeiro colocado em cada categoria e medalhas para estudantes e professores dos três trabalhos mais bem colocados.

    Além disso, vai oferecer os prêmios de Divulgação Científica para estudantes e professores autores do melhor projeto e Meninas na Ciência para o grupo composto por integrantes do sexo feminino que se destacar. Os ganhadores também serão indicados para participar de feiras, como a FEBRACE (USP); FenaDante do Colégio Dante Alighieri (SP); Ciência Jovem (Espaço da Ciência de Olinda) e MOSTRATEC (Fundação Liberato de Novo Hamburgo).

    Últimas