Educação: 67 escolas de Petrópolis estão funcionando presencialmente

21/jun 12:23
Por Janaina do Carmo

Quase dois meses após o reinício das aulas presenciais em Petrópolis, 67 escolas das redes pública e particular reabriram as portas. Dessas, 61 são privadas e seis são do estado. Nenhuma unidade do município retornou com as atividades presenciais e continuam oferecendo apenas o conteúdo de forma remota, de acordo com a prefeitura.

Esta semana, o governo do Estado do Rio de Janeiro autorizou a reabertura das escolas em 43 cidades, entre elas Petrópolis. Na capital, são 259 unidades que têm autorização para as aulas no modelo de ensino híbrido (presencial e remoto).

Além de Petrópolis também reabriram as escolas das cidades de Niterói, São Gonçalo, Duque de Caxias, Araruama, Areal, Armação de Búzios, Arraial do Cabo, Barra Mansa, Belford Roxo, Cabo Frio, Carmo, Comendador Levy Gasparian, Conceição de Macabu, Engenheiro Paulo de Frontin, Guapimirim, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Macaé, Magé, Mangaratiba, Maricá, Mendes, Nilópolis, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Paracambi, Paraíba do Sul, Pinheiral, Quissamã, Resende, Rio Bonito, Rio das Ostras, Santa Maria Madalena, São João de Meriti, São Sebastião do Alto, Saquarema, Tanguá, Três Rios, Vassouras e Volta Redonda.

Nesses casos, as unidades escolares poderão oferecer atividades pedagógicas presenciais, conforme prevê a Resolução nº 5.930, publicada em Diário Oficial no dia 23 de abril, que estabeleceu protocolos e orientações complementares para o atendimento nas unidades escolares públicas e privadas do sistema estadual de ensino. Caberá aos responsáveis, ou alunos maiores de idade desses municípios, a opção pelo retorno presencial ou a permanência somente no ensino remoto.

As unidades escolas do Estado das demais 49 cidades permanecerão com ensino exclusivamente remoto e funcionarão apenas para atividades administrativas, como a retirada de material pedagógico e do kit alimentação, além de entrega de documentos e matrícula de alunos.

Últimas