Dnit diz estar em “stand-by” para assumir a administração da BR-040

05/mar 08:01
Por Luana Motta

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) que veio, desde setembro do ano passado, se preparando para assumir a administração da BR-040, teve o projeto frustrado após a Justiça Federal conceder duas liminares a Concer que lhe garantiram, por enquanto, a concessão da rodovia até 2022. Na reunião que aconteceu nesta quinta-feira(04), o superintendente regional do Dnit, Robson Loures, disse que o órgão está preparado para assumir imediatamente a rodovia, caso a liminar seja derrubada.

O Dnit fez duas licitações, uma para cada lote da rodovia – um trecho que vai do km 0 ao km 82 e outro do km 82 ao 125, na Avenida Brasil. O contrato ainda não foi assinado com as empresas por causa das liminares, mas segundo o superintendente, não haverá nenhum tipo de perda para o usuário, já que o Dnit já está pronto para assumir a qualquer momento.

A reunião, promovida pela prefeitura, contou com a presença do prefeito interino Hingo Hammes, que disse que vem acompanhando junto ao Dnit a preparação para assumir a rodovia. A Prefeitura havia até se prontificado a fazer a contrapartida com insumos para o transporte das ambulâncias que vão prestar o socorro na rodovia, que era uma das maiores preocupações para os usuários. O prefeito interino reforçou que continua cobrando da Concer a melhora do serviço e que, neste momento, é necessário pensar nas propostas para a nova concessão.

Representando a Concer estava o advogado Guilherme Valdetaro Mathia que garantiu que a concessionária quer prestar o melhor serviço possível aos usuários. E novamente pontuou sobre o desequilíbrio econômico que a concessionária sofreu com a obra da Nova Subida da Serra de Petrópolis. Em nota, a Concer informou que “com base nas decisões do TRF, que reconheceram os créditos em favor da companhia, a Concer concentra-se em manter a operação da rodovia, seus serviços de assistência aos usuários e os investimentos, em especial na serra de Petrópolis, com frentes de obras ocorrendo desde ontem (quarta-feira) nos dois sentidos do trecho. A Concer permanece confiando na justiça para seguir adiante e, com a perspectiva de reequilíbrio contratual, reinserir a Rio-Juiz de Fora no patamar das melhores rodovias do país, como constou por quase 10 anos sucessivos – até sofrer os efeitos do descumprimento contratual em 2014 -, gerando cada vez mais empregos, renda e receita aos municípios da concessão”.

Também participaram da reunião, os deputados federais Vinicius Farah e Hugo Leal, o presidente do Sicomércio Marcelo Fiorini, os vereadores Júnior Coruja, presidente da Comissão de Transportes da Câmara Municipal, e Fred Procópio, presidente interino da Câmara Municipal. Também estiveram presentes representantes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, representantes de municípios vizinhos e secretários municipais.

Últimas