Dia Mundial do Chocolate: nutricionista orienta sobre os benefícios e cuidados na hora de escolher a guloseima

  • 07/jul 17:10
    Por Redação/ Tribuna de Petrópolis

    Além de ter um sabor maravilhoso, quando consumido de forma equilibrada, o chocolate pode proporcionar diversos benefícios como combate ao estresse, melhora no raciocínio e até no humor. Em 2021, o chocolate fez parte das compras de 88,3% dos lares brasileiros, informa a Kantar, líder em dados, insights e consultoria. Segundo o levantamento, no ano passado, o brasileiro gastou em média R$ 89,32 com chocolate – uma variação de 10,6% em relação a 2020.

    A nutricionista Tássia Morais, docente do curso de Nutrição da Estácio, orienta para um consumo consciente do chocolate, a começar pela escolha do produto. Ao analisar o rótulo, alerta a especialista, o consumidor pode levar para casa um alimento com melhores propriedades nutricionais.

    O consumo do produto está aliado ao bem-estar e relaxamento graças ao triptofano presente no cacau – nutriente que compõe a serotonina, neurotransmissor da felicidade. Rico em flavonoides, o doce também tem o poder de aliviar a ansiedade, mas deve ser ingerido com equilíbrio.

    “O ideal é que as pessoas busquem um chocolate com percentual acima de 70% de cacau, dando preferência ao chocolate preto e evitando o chocolate branco, que é feito com a manteiga de cacau, a parte mais gordurosa do fruto. Quanto mais amargo o chocolate, menor é a concentração de açúcares, o que é um indicador importante de qualidade nutricional do alimento”, reforça a especialista.

    Últimas