Detran-RJ e GSI usam drones na fiscalização de ‘pegas’ na Barra da Tijuca

25/jun 13:52
Por Redação/Tribuna de Petrópolis

Na noite dessa quarta-feira (24), o Detran-RJ realizou uma megaoperação na Avenida das Américas, na Barra da Tijuca, para coibir os motoristas que realizam os conhecidos ‘pegas’, que colocam em risco a vida da população – tanto de motoristas quanto de pedestres.

Essa foi a segunda operação que contou com o apoio de drones, disponibilizado pela parceria com o Gabinete de Segurança Institucional (GSI), do governo estadual. Os aparelhos foram usados para monitorar os condutores e filmar a movimentação de possíveis infratores, já à distância.

“Nossa Coordenadoria de Fiscalização está intensificando blitzes contra corridas ilegais. Recebemos inúmeras denúncias de moradores dessa região sobre a prática criminosa, e contamos com a ajuda dos drones para detectar a infração com mais clareza”, explicou o presidente do Detran-RJ, Adolfo Konder.

Participar de “pegas’ é crime de trânsito. Se os agentes identificarem veículos participando de corridas em vias públicas, os motoristas flagrados serão conduzidos à delegacia para autuação. As imagens gravadas pelos drones, nessas ações pontuais, serão usadas também para comprovar a prática criminosa. A operação de ontem contou ainda com o apoio da Secretaria Municipal de Ordem Pública do Rio de Janeiro.

Números da Ação

Os agentes abordaram 89 condutores e fizeram 82 autuações por irregularidades. Ao todo, 48 veículos foram multados, dos quais cinco foram rebocados. De acordo com a lei estadual, os demais condutores autuados receberam 30 dias para regularizar a situação de seus veículos e comprovar que os problemas foram sanados. Após este prazo, as infrações serão registradas no sistema e os veículos estarão proibidos de circular.

A operação aconteceu no trecho próximo ao campo olímpico de golfe, sentido Zona Sul. A Avenida das Américas é uma das principais vias da Barra da Tijuca e ponto onde normalmente os ‘pegas” acontecem, principalmente em vésperas de fim de semana e feriados.

Desde maio, o Detran intensificou as fiscalizações a corridas ilegais e também a motos que circulam com o sistema de escapamento adulterado, causando barulho excessivo.

Para isso, o departamento está atento à modificação irregular de característica dos veículos, como rebaixamento de suspensão, abertura de escapamentos e “envenenamento” de motores. Todos os motoristas flagrados com veículos nessas condições serão autuados, e os veículos serão retirados de circulação. O Detran também fará outras operações em todo o Estado do Rio para coibir motocicletas com escapamento adulterado.  

Últimas