Depois de passar mais de 10 horas agonizando, cavalo é sacrificado na Vila Rica; proprietário é levado para a delegacia

21/set 10:17
Por Janaina do Carmo

Um cavalo teve que ser sacrificado depois de ficar agonizando por mais de 10 horas em uma área de mata na Vila Rica, no distrito de Pedro do Rio, na segunda-feira (20). O proprietário do animal – um adolescente, de 16 anos – foi identificado pela equipe da Coordenadoria do Bem Estar Animal (Cobea) e levado, acompanhado do pai, para a delegacia onde foi feito o registro de maus tratos.

O animal foi encontrado pelos moradores ainda pela manhã de segunda-feira em uma área de vegetação que dá acesso ao reservatório de água da região. Ele estava preso a um tronco de árvore. Os moradores disseram que ligaram para o Corpo de Bombeiros para fazer o resgate, mas não informaram se ligaram para a Cobea para fazer a denúncia.

A equipe da coordenadoria chegou ao local por volta das 22h, acompanhada da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Polícia Militar (PM). Segundo a Prefeitura de Petrópolis, na segunda-feira não houve nenhuma denúncia ao Cobea sobre o caso e que a coordenadoria só ficou sabendo do ocorrido à noite.

De acordo com a Cobea, o animal encontrava-se extremamente debilitado e muito machucado. Laudos de dois veterinários atestaram a necessidade de sacrificar o cavalo. O registro de maus tratos foi feito na 106ª Delegacia de Polícia (DP), em Itaipava.

Em agosto, a Tribuna recebeu denúncias de moradores sobre o abandono de animais na região. De acordo com eles, os cavalos ficam soltos pelas ruas e apresentam sinais de maus tratos.

Últimas