Depois de 16 anos, CPTrans volta a controlar arrecadação das passagens de ônibus

  • Continua após o anúncio
  • Continua após o anúncio
  • 10/jun 02:50

    E o prefeito Rubens Bomtempo, por decreto, determinou a volta do controle da bilhetagem para a CPTrans. Mas, é bom frisar que levou em conta a Lei 8.210, de 16 de novembro de 2021 aprovada pelos vereadores. Essa nova lei corrigiu a anterior, de 2006, também no mandato de Bomtempo, que passou esse controle às empresas de ônibus.  Por incrível que pareça, o controle da bilhetagem foi feito por 16 anos pelas empresas que são permissionárias do serviço público.

    Chave do cofre

    A CPTrans passou todo este tempo apenas com os dados que as empresas enviavam à companhia que é a fiscalizadora do sistema. É difícil de acreditar, mas eram as empresas fiscalizando a si próprias… Mas, vamos dar a César o que é de César: o mérito é da gestão de Hingo Hammes que aprovou a nova lei na Câmara de Vereadores desfazendo esse sanhaço. Assim, Bomtempo teve de, por decreto, delegar a execução do sistema à CPTrans.

    Barracas da Bauern

    E a prefeitura abriu processo de licitação para as barracas de comes e bebes da Bauern e do restaurante, além de foodbikes para venda de doces.  Os lances mínimos estão bem salgados: R$ 24 mil para restaurante, R$ 11 mil para as barracas e R$ 800 para as foodbikes. Leva quem der o melhor lance. As licitações vão acontecer entre os dias 22 e 28.

    Pegadinha

    A gente contou aqui que o deputado federal Pedro Paulo postou nas redes sociais um bolinho de aniversário – data que comemorou com moradores da Zona Oeste, durante um evento comunitário.  Mas o tema da decoração do bolinho era “Faz um Pix”. Mas, ele, que é pré-candidato à reeleição, disse aos Partisans que não realizou nenhum pedido de PIX no evento e que o bolo foi uma ‘homenagem’ dos moradores e a decoração foi escolhida por eles. Mas que homenagem, hein? Parece mais uma pegadinha. Fica de olho, PP!

    Estudantes de 40 unidades escolares produziram pinturas, desenhos e maquetes para homenagear e agradecer os profissionais de saúde pelo empenho durante a pandemia. Os trabalhos estão em exibição no Palácio Itaboraí e hoje é último dia para visitação. Após a exposição, os trabalhos serão doados para os hospitais da cidade que atenderam e ainda atendem pacientes com Covid-19, para que fiquem expostos permanentemente.

    Radical e necessária

    A secretaria estadual de Saúde lançou uma campanha para mobilização em prol da vacinação infantil contra doenças como a poliomielite. E colocou nas redes sociais a foto de uma criança de pernas tortas, acometida pela pólio. Totalmente necessária a postura porque muitos pais antivacina não têm noção de como ficam as crianças vítimas da doença agora que a poliomielite estava erradicada. O último caso no Brasil foi registrado em 1989 e desde então a gente deixou de ver estas imagens chocantes.  E é preciso conscientizar para que esse sofrimento não retorne.

    Arraiá!

    E rola mais uma festa junina na cidade neste final de semana depois de dois longos anos de pandemia. O Arraiá do Sesc é no entorno do Palácio Quitandinha e tem shows de forró: amanhã, às 18h, com Marimelo e banda e, domingo, Cassiano Beija-Flor em duas edições, às 13h e às 17h.

    Essa, não!

    Na véspera da audiência na 4ª Vara Cível sobre o retorno de 100% da frota de ônibus às ruas da cidade, o sindicato das empresas de transporte coletivo ainda peticionou para adiá-la.  Ouviram um na-na-ni-na-não.

    PSDB e PSB

    Tem que ver a cara de satisfação dos peessedebistas locais com a possibilidade do partido, em escala estadual, se aliar com o PSB de Marcelo Freixo, candidato ao governo do estado ainda muito identificado com a esquerda mais radical do seu ex-partido, o PSol. Pessoal do PSDB aqui não sabe nem o que dizer sobre a aliança tendo o ex-prefeito carioca César Maia como vice de Freixo, convite já feito.

    Muito orgulho dessas duas lindas – Sofia Purcino e Ísis Palmeira – que cultivaram lindas cabeleiras e agora as cortaram para doar ao projeto “Fios de Amor” que confecciona perucas para os pacientes de câncer apoiados pela Associação Petropolitana de Pacientes Oncológicos. É de aquecer o coração gestos como esses.

    Patrimônio

    Os vereadores aprovaram e o prefeito sancionou mais uma leva de Patrimônio Cultural Imaterial de Petrópolis. Entram neste rol a confecção dos tapetes ornamentais para as procissões e celebração de Corpus Christi; festejos de santos padroeiros, assim como suas procissões e celebrações; o badalar dos sinos e os festejos da Quaresma, da Páscoa e do Natal.

    Repescagem

    Chatinhos que somos, a gente acha muito pejorativo a ‘segunda chance’ para quem não conseguiu se cadastrar no aluguel social ser chamado para uma ‘repescagem’ (que, inclusive, termina hoje). Já é bem ruim ter que revalidar, em um ‘mutirão’, os cadastros porque prefeitura e estado, lá trás, não se entenderam nesta organização. Repescagem soa bem para nova oportunidade e aqui aluguel social não é mesmo uma oportunidade.

    Contatos com a coluna: lespartisans@tribunadepetropolis.com.br

    Últimas