Denúncia do Linha Verde leva CPAm a estourar galpão usado para confeccionar balões na Taquara

11/ago 10:05
Por Redação/Tribuna de Petrópolis

Diversos materiais utilizados para fabricação de balões foram apreendidos nessa terça-feira (10), na Taquara, na Zona Oeste do Rio, após policiais militares terem recebido informações encaminhadas pelo programa Linha Verde do Disque Denúncia, sobre um galpão que funcionava como confecção de balões.

Após a denúncia ter sido encaminhada ao Comando de Polícia Ambiental (CPAm), os agentes realizaram na tarde de ontem fiscalização em um imóvel localizado na Estrada Macembu, onde identificaram o homem mencionado na denúncia. Ele foi questionado a respeito da denúncia do Linha Verde e, durante as diligências, os policiais apreenderam 46 foguetinhos, 36 cangalhas de morteiros, 20 bombas malvinas, oito foguetes, 150 varetas, 20 quilos de papel fino, um saco de algodão e um maçarico, todos usados na fabricação de balões. Todo o material foi recolhido e encaminhado, juntamente com o acusado à 32ª DP, onde o caso foi registrado conforme artigo 42 da lei de crimes ambientais.

Desde o início do ano, o Linha Verde já recebeu 86 denúncias sobre soltura, fabricação, armazenamento de balões e grupos de baloeiros e, desde o mês de abril, está em vigor uma campanha denominada “Disque Balão”, que tem como objetivo estimular a população a denunciar essa prática ilegal. Para isso, o Linha Verde disponibiliza os telefones 0300 253 1177 (custo de ligação local) e (21) 2253 1177, além do aplicativo para celulares “Disque Denúncia RJ”. Em todos os canais, o anonimato é garantido ao denunciante.

Últimas