Defesa Civil usará drones para fazer o mapeamento das áreas de risco

  • Continua após o anúncio
  • Continua após o anúncio
  • 08/05/2016 08:30

    A Prefeitura, por meio da Secretaria de Proteção e Defesa Civil deu início a testes com drones para o mapeamento de áreas de risco em Petrópolis. Na manhã de sexta-feira, foram registrados vídeos e fotos em Itaipava, que serão analisados pela equipe técnica da Defesa Civil. O serviço foi realizado pela empresa Drone Imperial, de forma voluntária.

    “As imagens dos drones são de alta resolução e atualizadas, permitindo que a Defesa Civil otimize o trabalho de identificação de riscos nas comunidades. Agradecemos o trabalho da Drone Imperial, já que a Defesa Civil precisa muito da atuação de voluntários para fortalecer a prevenção de desastres naturais na nossa cidade. A Defesa Civil, sozinha, consegue fazer muito pouco. Por isso, sempre atuamos de modo a buscar novos parceiros e voluntários”, disse o secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão.

    O analista de sistemas da Drone Imperial, Jorge Bouças, conhecido como “Jorgito”, falou sobre a parceria com a Defesa Civil. “Trabalho com tecnologia há muito tempo e a parceria com a Defesa Civil chancela o meu trabalho. Além disso, acho interessante atuar em prol da população. Me encanta trabalhar com as forças, como a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros”, disse Jorge Bouças.

    O secretário Rafael Simão destacou que o trabalho foi realizado em caráter de teste, e que, após a análise das imagens, a Defesa Civil estudará os próximos passos sobre o uso de drones para o mapeamento de áreas de risco.


    Últimas