De um secretário sobre o colega: “testou negativo para cérebro”

  • 28/03/2020 00:01

    Testou negativo!

    Tá vivo, gente! O vice-prefeito Baninho nega que tenha testado positivo para o coronavírus. “Tô em casa para dar o exemplo”, diz ele, que tem mais de 60 anos, para justificar que tenha sumido de todas as agendas com o prefeito Bernardo Rossi. Tá em home office e mandou até foto pra provar que está bem. “Um monte de gente me telefonou por causa da nota”, diz ele. Mas, achamos injusto com alguns secretários como Wagner Silva e Fernando Fortes que já passaram a muito dos 60. Tem que dispensar essa galera, aí.

     

    O vice, Baninho, mandou esta foto pra gente. Diz ele que fez um close porque como tá em casa anda meio esculachado. Mas tá trabalhando!

     

    Subestimado

    O número de casos de infectados pelo coronavírus em Petrópolis- oficialmente são 3 –  pode ser muito, mas muito maior do que o divulgado. Os exames enviados ao governo do estado estão levando muitos dias para ficarem prontos. Outra parcela, que não passou por exames, mas procurou os pontos de apoio, foi dispensada para casa para ficar ‘em isolamento’. Coisa boba, tipo mais de 500 pessoas.  Só Deus sabe como é esse isolamento.

     

    Pressão interna

    O prefeito Bernardo Rossi enfrenta pressão, inclusive na família,  e de amigos empresários, para rever a orientação de isolamento.  Está sendo bombardeado de telefonemas e mensagens pedindo a reabertura de comércio, bares e restaurantes. Mas, ele vai acompanhar os governos do Rio e São Paulo.

     

    Gente unida

    De um secretário do governo Bernardo Rossi falando de outro, digamos, meio desprovido de iniciativa: “testou negativo para cérebro!”.  Ô, gente ruim.

     

    Outra estratégia

    Queríamos propor uma coisinha aos vereadores: se puderem parar de enviar fotos em ‘home office’ seria bacana. Talvez ir reforçar algumas equipes de serviços públicos que estão nas ruas tipo o  Procon para fiscalizar os preços abusivos em alguns mercados.

     

    O que é este home office do vereador Jamil Sabrá?  Aquela bolsinha escrito “Musa” ali do lado entrega que o computador é da mulher dele, digital influencer. E o que é aquela bagunça ali debaixo da escada, meu Deus?  Arruma isso, menino!

     

     

    Asfalta aí!

    Não seria uma boa hora para asfaltar as ruas, como a Monsenhor Bacelar, anúncio de melhoria já feito reiteradas vezes? Sem movimento nas ruas, a hora é essa!

     

    Matemática

    Partisans querem dedicar esta continha básica aos que são contra o isolamento:

    Petrópolis tem 305 mil habitantes

    Se 10% da população for contaminada são 35 mil casos

    Se 10% dos contaminados ficarem graves são 3.500 pessoas precisando de UTI.

    A cidade tem 134 leitos de UTI (isso contando com 49 novos que serão montados por conta da pandemia)

     

    Solidários 1

    O restaurante Sanjão, no Vale das Videiras, está com uma campanha bem bacana para superar a crise do coronavírus. Você pode comprar uma quentinha e doar uma outra para ser entregue a quem precisa na região. A ideia é do casal Stella Tuttolomondo e Emerson Borges, donos do  restaurante. A pessoa que paga indica para quem a quentinha deve ser entregue ou a própria pessoa a ser beneficiada entra em contato e solicita. Custa apenas R$ 12. Confere no site www.sanjao.com.br/refeicao-solidaria.

     

     

    Solidários 2

    E quem estiver praticando uma ação bacana como esta do restaurante Sanjão pode mandar pra cá que a gente divulga: lespartisans@tribunadepetropolis.com.br

     

     

    Golpe

    Tem petropolitano recebendo ligação de pessoas se dizendo do Ministério da Saúde e pedindo endereço para fornecer máscara e álcool gel gratuito.  Um dos que recebeu o telefonema disse que ia dar o endereço da delegacia. Desligaram na hora.

     

    Celebridades

    Quem aparece mais na crise do coronavírus: o secretário de Defesa Civil, coronel Paulo Renato, também conhecido nos bastidores como ‘celebre’, ou o prefeito Bernardo Rossi?

     

    Conhecimento na quarentena

    Aproveitar esse período de quarentena para estudar e adquirir novos conhecimentos é uma ótima sugestão para evitar a sensação de estar perdendo tempo em casa. Por isso, a Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) está oferecendo quatro cursos de extensão totalmente on-line, são eles: Educação Financeira para leigos; Meditação; Colpocitologia; Grécia Antiga. Outras informações e as inscrições estão disponíveis no site www.fmpfase.edu.br. 

     

     

     

     

     

     

    Últimas