Cristiane Brasil se apresenta à Polícia Civil: ‘Só empobreci na política’

  • 11/09/2020 10:29

    Após ter pedido de prisão decretado, a ex-deputada federal Cristiane Brasil (PTB) se apresentou na tarde desta sexta-feira (11) na sede da Secretaria de Polícia Civil, no Centro do Rio. Acompanhada de dois advogados, ela contestou a delação da qual foi alvo e classificou como “mentirosa” sua atuação em esquema de corrupção.

    Entenda o caso: Operação prende secretário de Educação do RJ; Cristiane Brasil é procurada

    – Ainda estou tomando ciência da denúncia, mas, pelo que sei até o momento, botam duas pessoas como sendo minhas “mulheres da mala”. Sendo que uma delas, Sueli, eu nem tenho ideia de quem seja. A outra citada, a Vera, é minha amiga de anos e chefiou meu gabinete. Mas nunca participou de nenhuma irregularidade – disse Cristiane que pretendia se candidatar à Prefeitura do Rio ou apoiar o nome indicado pelo PSL.

    – A minha relaçao com o empresário Flávio Chadud (também preso) era de amizade. Eu o conheci na prefeitura, quando era secretária de Envelhecimento Saudável. Viramos amigos. Depois disso, se houve alguma irregularidade em contratos da Fundação Leão XIII, isso não tem relação comigo. Eu só empobreci na política.

    Leia também: Mello determina que Bolsonaro preste depoimento pessoalmente em inquérito da PF

    Últimas