Covid-19: Leitos de UTI do SUS regulados pelo Estado estão com 99% de ocupação

05/abr 20:15
Por Luana Motta

Dados do Painel Covid-19 da Secretaria Municipal de Saúde, mostram que, dos 125 leitos de UTI do SUS, 117 estão ocupados, 4 estão bloqueados e há apenas 4 disponíveis nesta segunda-feira (5). Alguns leitos do município são regulados pela Secretaria de Estado de Saúde, e estes já chegaram há 99% de ocupação.

Hoje, até os leitos considerados pela Secretaria Municipal de Saúde como de retaguarda estão ocupados. O prefeito interino Hingo Hammes anunciou na última sexta-feira(2), a abertura de mais leitos de UTI covid-19 no Hospital Clínico de Correas, mas os novos 9 leitos ainda não estão disponíveis.

A previsão de semanas atrás está acontecendo: a rede de saúde municipal já está em colapso. Todos os 18 leitos de UTI covid-19 do Hospital Alcides Carneiro estão ocupados, assim como os 10 leitos do Hospital Municipal Nelson de Sá Earp, e os 23 leitos de UTI da UPA Vermelha (Cascatinha) – estes que são considerados de retaguarda ou intermediários.

Nas unidades hospitalares pactuadas, dos 48 leitos de UTI covid-19 do Hospital Nossa Senhora Aparecida, 45 estão ocupados; no Hospital SMH dos 15 leitos, 12 estão ocupados; e dos 11 leitos pactuados com o HCC, 10 estão ocupados.

Na última sexta-feira, Hammes fez um alerta a população: o município está muito perto do limite de ampliação da rede. “Estamos abrindo mais leitos para garantir os atendimentos, apoiando inclusive a rede privada, mas vamos chegar a um momento em que não haverá mais para onde expandir a rede. Não haverá mais equipamentos, nem insumos, nem médicos. Já estamos, todos, hospitais públicos e privados, operando com estruturas extras”, frisou.

Nesta segunda-feira, 371 pessoas estão internadas por covid-19

Há 371 pessoas internadas por covid-19 nas unidades da rede pública e privada do município. São 167 internações em leitos de UTI e 204 internações em leitos de enfermaria. A taxa de ocupação dos leitos de enfermaria do SUS está em 88,43%. Também foram confirmadas 13 novas mortes pela doença. E ainda há outras 41 em investigação. Nesta segunda-feira, o número de casos confirmados subiu para 25.441 pessoas. Foram realizados até o momento 59.110 testes, sendo que 30.149 tiveram resultado negativo e há 3.520 casos em análise.

Últimas