Coral Integração 500 vozes e Agnaldo Rayol se apresentam no Rosário

  • 13/12/2017 15:30

    Aguardado pela comunidade cultural e pelo público, o tradicional Concerto Integração 500 Vozes é um dos pontos altos do Natal Imperial, dia 22 de dezembro, às 20h, na Igreja N. Sª do Rosário.  A novidade este ano é a participação do ídolo de tantas gerações, cantor Agnaldo Rayol. Um telão será instalado na praça da Inconfidência para permitir que o maior número possível de pessoas possa curtir o evento, onde o ingresso é 1kg de alimento não perecível.

    O maestro Marco Aurélio Lischt, representante do Segmento de Canto Coral e regente de dois grandes coros da cidade, os Canarinhos e o Coral Municipal, fala da grande emoção que cerca a apresentação: “Petrópolis é repleta de talentos musicais, haja vista a quantidade de coros, que a torna, por excelência, a cidade brasileira dos corais. Os concertos natalinos culminam com o 500 Vozes, onde o espírito de Natal se instala num ato de amor e de integração entre as várias instituições musicais”. 

    Criado há várias décadas, o 500 Vozes vem sendo realizado desde 2010 sob a direção artística do Segmento de Canto Coral, presente nas programações do ano inteiro e predominante em dezembro.  O concerto deste ano vai contar com o acompanhamento do Quinteto de Metais MP5 e do maestro Lischt no órgão, em apresentação protagonizada por cantores de várias gerações, com regência alternada entre os maestros. 

    O congraçamento e a emoção de 500 coralistas cantando juntos já é uma marca no movimento coral da cidade, que reserva ao público a magia dos grandes sucessos natalinos nas vozes de grandes grupos da cena cultural.

    OS CORAIS 

    Participam este ano 12 coros, com crianças, jovens, adultos e idosos: Coral das Meninas dos Canarinhos (Instituto dos Meninos Cantores de Petrópolis) e Coral Laus Deo (UCP) – regência Marcelo Vizani; Dó Ré Mi – regência Leonardo Randolfo; Canarinhos de Petrópolis (Instituto dos Meninos Cantores de Petrópolis) e Coral Municipal – regência Marco Aurélio Lischt; Coral Pró-Tempore (Instituto Municipal de Cultura e Esportes) – regência Paulo Afonso Filho; Coral Cant´Vox – regência João Macedo; Coral da UCP – regência Antonio Gastão; Coral Usimed – regência Fátima Brasil e Celina Maydana; Coral da EMUCP (Escola de Música da UCP- regência Caio Ferreira; Coral EnCantar (GE Celma); Coral Calebe (Primeira Igreja Batista).

    AGNALDO RAYOL 

    Agnaldo Coniglio Rayol estudou Medicina mas não concluiu o curso para seguir a carreira de cantor, que começou na infância. Aos 10 anos de idade já era um pequeno artista, considerado prodígio desde os 8 anos, com carreira em rádio e no cinema, ajudando até mesmo a sustentar a família. O trabalho sério e a humildade diante de tantas glórias, tornou-o grande ídolo na década de 60, quando gravou muitos discos e obteve premiações. Nas décadas seguintes continuou sendo sucesso, fez novelas, filmes, lançou livro de poemas, fez programas de rádio e TV; ganhou o Prêmio Sharp de Melhor Cantor em 1998. Em 2013 lançou CD e DVD em comemoração aos 55 anos de carreira, gravado a bordo de um transatlântico. O álbum teve participações especiais de Ângela Maria, Erikka Rodrigues, Alexandre Arez, Léo Von e Jerry Adriani.

    Últimas