Controladoria Geral da Prefeitura estabelece regras para transição de governo no fim do ano

  • 29/01/2020 12:35

    Transição com regras

    Uma instrução normativa da Controladoria Geral da Prefeitura, comandada pelo procurador-geral Sebastião Médici, estabeleceu as regras da transição de governo, no fim do ano. A intenção é dar tempo e orientação para que todos os órgãos do Município reúnam informações e documentos a serem apresentados ao prefeito eleito – no caso de Bernardo Rossi não conseguir a reeleição – e sua equipe. Philippe Guédon, da Frente Pró-Petrópolis, que luta, há décadas, por seriedade e eficiência na transição de governo, fez elogio público à decisão da atual administração.

     

    Apesar do esforço dos funcionários, há um problema para a retomada do trabalho no Centro Administrativo da Barão do Rio Branco, depois do incêndio: muitos telefones ainda estão mudos. Foto: Bruno Avellar/Tribuna de Petrópolis

     

    Cinema

    Mais um blockbuster chega a Petrópolis: Bad Boys para Sempre estreia amanhã na rede Cinemaxx. Na semana de estreia, o cinema Mercado Estação funcionará também na segunda-feira.

     

    Não tem jeito

    Paraty teve novas eleições municipais no dia 4 de agosto do ano passado, depois que os eleitos foram afastados, por corrupção eleitoral. Pois bem: o prefeito eleito e seu vice também estão sob investigação, movida pelo Ministério Público Eleitoral, também por corrupção eleitoral. O empresário Ronaldo Freire Carpinelli, que financiou a chapa vencedora da eleição suplementar, foi preso em flagrante, no dia da eleição, por circular em áreas carentes da cidade, distribuindo dinheiro e pagando alimentos e bebidas em troca de votos.

     

    Segurança

    Um projeto aprovado pela Alerj e sancionado pelo governador Wilson Witzel abre possibilidade de as imagens de câmeras de vigilância privadas serem utilizadas por um Programa Estadual de Videomonitoramento, coordenado pelo Centro Integrado de Comando e Controle. É uma boa ideia para o nosso Ciop.  As imagens autorizadas pela lei estadual são as de câmeras de vigilância direcionadas para vias públicas.

     

    Com a presença do presidente da empresa, Márcio Salles, e do secretário de Meio Ambiente, Fred Procópio, a subconcessionária Águas do Imperador apresentou ao diretor de Segurança Hídrica do Instituto Estadual de Ambiente (Inea), Hélio Vanderlei Coelho Filho, o trabalho desenvolvido em Petrópolis, com relação à qualidade da água fornecida à população quanto à segurança dos reservatórios. Foto: Divulgação

     

    Avançou

    Já está tramitando no Tribunal de Justiça o processo de aposentadoria do juiz Jorge Luiz Martins, a partir do próximo sábado. A notícia tem relevância política, embora o magistrado se recuse a falar a respeito enquanto estiver no exercício da função. Ele é reconhecido nos meios políticos como um provável e forte candidato a prefeito, nas eleições de outubro.

     

    Toca mal

    É prudente que o prefeito Bernardo Rossi e sua equipe acompanhem com muita atenção as obras que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) está condenado judicialmente a fazer, na recuperação do trecho 13 de Maio-Pedro do Rio da Estrada União e Indústria (inclui a Barão do Rio Branco e a Hermogênio Silva). É que um parecer do Tribunal de Contas da União (TCU) mostra que o órgão federal de transportes tem sérios problemas de falta de critérios técnicos e objetivos para definir serviços e equipe técnica. Segundo o TCU, havia problemas em trinta contratos de supervisão analisados.

     

    Processo

    O juiz Alexandre Teixeira de Souza, em exercício na 4ª Vara Cível, deu-se como suspeito, “por motivo de foro íntimo”, e não vai julgar o processo movido por Yuri Moura contra o ex-presidente da Câmara, Roni Medeiros, por improbidade administrativa. Como o juiz titular Jorge Luiz Martins está licenciado e aguarda a formalização de sua aposentadoria, o processo deve ser remetido a um juiz tabelar.

     

    Comsaúde

    Depois de dois anos e meio realizando excelente trabalho na presidência do Conselho Municipal de Saúde, Rogério Tosta despediu-se da função, na reunião de ontem da entidade. Jornalista político de ofício, Rogério explicou que está, atualmente, no cargo por indicação do governo municipal, o que poderia provocar polêmicas, em função do seu trabalho profissional. 

     

    De volta

    Está reaberto o mercado e café, na Rua Gonçalves Dias, Valparaíso, onde funcionou o Xodó. O espírito da casa, agora comandada por Ricardo Braga e Marcelo Carius, foi mantido, sob a bandeira Val Marché. A novidade é o aproveitamento da varandinha frontal do casarão com a colocação de mesinhas.

     

    Leia também: Sem fiscalização, carrinhos de compras de loja bloqueiam vagas de carga e descarga de mercadorias no Centro

    Últimas