Conheça a Pipoca Imperial, marca petropolitana inspirada pela história de Petrópolis

  • Continua após o anúncio
  • Continua após o anúncio
  • Por Aghata Paredes

    Adriane Marrone, idealizadora da Pipoca Imperial, é do interior de São Paulo, mas a verdade é que ela se apaixonou mesmo foi por Petrópolis. Ao deixar o mercado de trabalho em sua cidade natal, com mais de vinte anos de experiência em ambientes corporativos, a rioclarense foi tomada por uma enorme vontade de empreender e administrar o próprio negócio. 

    No final de 2015, movida por seu sonho, Adriana fez as malas e veio morar em Petrópolis. Na ocasião, ela tinha em mãos um projeto de negócio e a convicção de que precisava investir em algo por amor. Neste mesmo ano, ao conhecer a Cidade Imperial, Adriana conta que encontrou o cenário perfeito para aquilo que tanto procurava. “Foi um presente de Deus e veio a calhar perfeitamente com todo o projeto desenvolvido.” A partir daí, nasceu a Pipoca Imperial. 

    Foto: Divulgação

    Com ingredientes nobres e requintados, a marca é totalmente inspirada em Petrópolis. Cada sabor homenageia uma figura importante da corte imperial. Além disso, Adriana estudou as diversas formas geométricas dos museus e palácios da cidade para dar vida às embalagens de seus produtos. 

    Foto: Divulgação
    Foto: Divulgação – Trabalho de marchetaria do piso de salas do Palácio Rio Negro, Petrópolis

    Pipoca gourmet x pipoca comum

    “As pipocas gourmet são produzidas com ingredientes premium, ou seja, desde o milho mushroom ao chocolate belga, bem como todos os insumos utilizados na produção. Essa seleção criteriosa dos ingredientes proporciona a manutenção da qualidade e crocância das pipocas, além de um misto de aromas e sabores nada convencionais às demais.”, explica a empreendedora.

    Foto: Divulgação

    Dentre os sabores mais amados pelos petropolitanos estão a Toffee & Flor de Sal (Duquesa), o Chocolate Belga (Marquês), e Frutas Vermelhas (Condessa).

    Últimas