Comsaúde recomenda que Prefeitura decrete lockdown para conter avanço da covid-19

24/mar 13:13
Por Janaina do Carmo

Para conter o avanço da covid-19 em Petrópolis, o Conselho Municipal de Saúde (Comsaúde) está recomendando que a Prefeitura decrete lockdown nos 10 dias do superferiadão (entre 26 de março e quatro de abril). A recomendação foi aprovada pelos conselheiros durante reunião ordinária realizada na noite de terça-feira (23).

Leia também: Saúde mantém atendimento de urgência para pacientes não covid-19 em três unidades

Dezesseis conselheiros votaram a favor da aplicação das medidas mais rígidas de isolamento diante do cenário atual da cidade, com aumento de casos de coronavírus, crescimento da taxa de ocupação dos leitos tantos clínicos quantos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e também da quantidade maior de mortes pela doença. Houve quatro abstenções e três votos contrários. De acordo como o último boletim divulgado pela Prefeitura de Petrópolis, na terça a ocupação dos leitos da rede pública está em 86,59% (clínicos) e 87,38% (UTI).

O superferiado de 10 dias foi aprovado pela Assembleia Legislativa (Alerj) do Estado do Rio de Janeiro na terça-feira e agora vai para sanção do governador em exercício, Claudio Castro. A intenção é restringir a circulação das pessoas e assim reduzir a procura pelos hospitais e a taxa de contágio. O superferiado vale para todo o Estado.

A Tribuna questionou se o município vai seguir a recomendação do Comsaúde. Em nota, o governo provisório respondeu que “nesta quarta e quinta-feira estão previstas reuniões onde serão definidas as demais medidas, além das determinadas pelo Estado, que serão adotadas pelo município”.

Últimas