Comércio já iniciou as contratações para o final de ano

  • 22/10/2018 14:45

    Após um ano difícil para o comércio, o setor volta a tomar fôlego e algumas lojas já começaram as seleções para as contratações temporárias de fim de ano. O setor foi o que teve pior desempenho em 2018: de janeiro a agosto, foram fechados 407 postos de trabalho. O dado é do cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

    Em dezembro do ano passado, segundo o Caged, o setor registrou 364 contratações, entre temporárias e efetivas. Marcelo Fiorini, presidente do Sicomério, explica que as contratações para fim de ano normalmente se iniciam no começo de outubro, mas por conta das eleições, este processo está um pouco mais retardado. No entanto, o presidente do sindicato acredita que o número de contratações seja parecido com o do ano passado. “Acreditamos que as contratações se mantenham como as do ano passado, girando em torno de 300 a 400”, disse. 

    Leia também: Empresa oferece 33 oportunidades de emprego no setor de telecomunicações. Não é necessário ter experiência.

    De acordo com a Confederação Nacional do Comércio (CNC), a instabilidade econômica causada pelo período eleitoral concentrará a maior parcela de contratações para o mês de dezembro. Ao menos duas pessoas serão chamadas para reforçar a equipe da loja Over 7, na Rua do Imperador. O processo seletivo da loja já se iniciou.

    Já na Hering, da Rua 16 de Março, serão oferecidas oito vagas para reforçar a equipe, mas o trabalho temporário também é só para o mês de dezembro. A loja, no entanto, acabou de contratar cinco vendedores. “Fizemos uma reforma na loja e nossa equipe estava pequena para o espaço que temos. Este mês, chamamos cinco pessoas, fixas”, contou a gerente Carla Mattos. A grande vantagem é que os funcionários que se destacarem durante o período mais intenso de vendas poderão ser efetivados. “A gente costuma contratar fixo àqueles que mais se destacam”, explicou. 

    Leia também: Balcão de empregos oferece 29 vagas

    Decoração de Natal impulsiona vendas

    A gerente da Hering, Carla Mattos, apontou que a iluminação especial de Natal, que foi a grande novidade da Rua 16 de Março no ano passado, promoveu um movimento extra no comércio local. “A iluminação atraiu muitos turistas para a rua e acabamos tendo um movimento melhor por conta disso”, contou. A decoração natalina foi resultado de uma parceria entre a prefeitura e os lojistas da Rua 16 de Março. 

    A prefeitura já divulgou que este ano o túnel de luz na via será ainda maior. O Instituto Municipal de Cultura e Esportes, responsável pela ação, vem captando patrocínio para ampliar os pontos de luz na cidade. O Natal de Luz, como é chamada a ação, terá início no dia 30 de novembro e a programação especial se estenderá até 20 de janeiro. Ano passado, a iluminação especial e as atrações natalinas atraíram 330 mil visitantes, e foram injetados R$ 220 milhões na economia do município. 

    Leia também: Empresas já podem se inscrever para feira de empregos em Petrópolis


    Últimas