Comdep dá uma semana para cooperativa esvaziar galpão e buscar novo imóvel

  • Continua após o anúncio
  • Continua após o anúncio
  • 05/ago 14:56
    Por João Vitor Brum

    A Comdep deu uma semana para a Cooperativa de Reciclagem Crescer, que atua no galpão da Companhia no Cascatinha, desocupar o local e encontrar um novo espaço para continuar a coleta seletiva. A Cooperativa não possui recursos próprios para pagar pelo aluguel de um novo espaço para garantir a continuidade do trabalho. A notificação foi feita na quarta-feira (3), com prazo até dia 10 para deixar o local. 

    Essa é a segunda vez que a cooperativa recebe uma notificação de despejo. Em setembro do ano passado, a Tribuna noticiou a preocupação dos trabalhadores em terem que deixar o espaço. Para a maioria, a cooperativa é a única fonte de renda. 

    Atualmente, pelo menos oito pessoas trabalham na Cooperativa, dependendo exclusivamente da reciclagem. A presidente, Cirlene Santos, conta que a associação não possui fundos para arcar com o aluguel de um novo local.

    “Eles prometem e não cumprem. A promessa foi irmos com eles para outro galpão. Agora, em cima da hora, mudam de ideia e fazem a gente procurar um lugar pra ver se dá pra ajudar. Sem aquele galpão, no momento não temos como trabalhar, porque não temos verba para pagar outro lugar. Disseram que era pra ver quanto ficaria, forma de pagamento, mas eles não querem pegar a responsabilidade de um aluguel”, disse Cirlene Santos, presidente da Cooperativa.

    A Comdep foi questionada sobre os motivos da mudança e o que será feito com o espaço, e respondeu que “apoia e incentiva todas as cooperativas  do município que estejam regularizadas e em consonância com as normas vigentes”, sem responder quais são os motivos. 

    Últimas