Com um a mais, Cruzeiro empata com o Ituano fora de casa na Série B

  • 05/jul 21:10
    Por Estadão

    Mesmo atuando com um jogador a mais durante boa parte do segundo tempo, o líder Cruzeiro empatou por 1 a 1 com o Ituano, na noite desta terça-feira, no estádio Novelli Júnior, em Itu, em jogo adiado da 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Luvannor e Bernardo Schappo marcaram os gols da partida.

    O resultado mantém o Cruzeiro na primeira posição, agora com 38 pontos. São sete pontos de diferença para o Vasco (2º colocado, com 31 pontos) e 15 pontos a mais que o Criciúma (5º colocado, com 23) e primeiro time fora do G-4, o grupo de acesso à Série A.

    Já o Ituano perdeu a chance de respirar mais aliviado contra o perigo do rebaixamento e aparece em 14º lugar, com 18 pontos. Dois pontos a mais que o CSA (17º) e que ainda entrará em campo na quinta-feira, contra a Ponte Preta, em Maceió.

    Fora de casa, o Cruzeiro impôs seu futebol, teve mais posse de bola e esteve sempre perto da grande área do Ituano. Os mineiros só não contavam com uma marcação tão organizada do adversário, o que dificultou as investidas tanto por baixo quanto pelo alto.

    Já o Ituano, mesmo nos contra-ataques, foi quem criou as melhores chances de gol. Aos 23 minutos, Rafael Elias saiu em velocidade e cruzou para Neto Berola finalizar à esquerda de Rafael Cabral. Depois, aos 36, Córdoba cobrou escanteio e Bernardo Schappo testou por cima do travessão.

    Antes do intervalo, polêmica em campo. Aos 44, Bidu recebeu passe na esquerda e chutou cruzado dentro da área para Bidu desviar para o fundo das redes. O lance foi revisado pelo VAR e o gol cruzeirense anulado, gerando muita revolta de jogadores e comissão técnica.

    No segundo tempo, o Ituano assustou logo no primeiro minuto em finalização de Rafael Elias que Rafael Cabral fez boa defesa. Só que o Cruzeiro respondeu com gol aos nove minutos, após Luvannor receber bola na linha de fundo e, mesmo sem ângulo, finalizar e contar com ajuda de Pegorari para marcar.

    Atrás no placar, o Ituano não se abateu e quase empatou aos 14 minutos, quando Roberto finalizou na saída de Rafael Cabral e Oliveira afastou em cima da linha. Só que a empolgação dos paulistas virou preocupação no minuto seguinte, após Lucas Dias agarrar Daniel Júnior em contra-ataque e receber o cartão vermelho direto.

    Mesmo com um jogador a mais em campo, o Cruzeiro seguiu tendo dificuldades para passar pela marcação do Ituano. E, com o andamento do jogo, viu os donos da casa irem para o tudo ou nada pelo empate. E conseguiram. Aos 33, Gabriel Barros chutou cruzado e Bernardo Schappo, sem marcação, só completou para o gol, deixando o placar empatado.

    Nos minutos finais o Cruzeiro pressionou o Ituano e perdeu ótimas chances com Fernando Canesin e Vitor Leque, não conseguindo tirar a igualdade do placar. Assim como João Vitor, pelo Ituano, no último lance da partida.

    O Ituano volta a campo no sábado para enfrentar o Sampaio Corrêa, às 18h30, no estádio Castelão, em São Luís. Também no sábado, o Cruzeiro visitará o Guarani, às 11 horas, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.

    FICHA TÉCNICA:

    ITUANO 1 X 1 CRUZEIRO

    ITUANO – Pegorari; Córdoba (Kaio), Lucas Dias, Bernardo Schappo e Roberto; Dudu Vieira (Gabriel Barros), Rafael Pereira, Caíque e Jiménez (Léo Santos); Neto Berola (João Victor) e Rafael Elias (Chrigor). Técnico: Mazola Júnior.

    CRUZEIRO – Rafael Cabral; Oliveira, Machado e Eduardo Brock; Geovane (Pais), Adriano, Willian Oliveira e Bidu (Rafael Santos); Luvannor (Rodolfo), Edu (Vitor Leque) e Daniel Júnior (Fernando Canesin). Técnico: Paulo Pezzolano.

    GOLS – Luvannor, aos 9, e Bernardo Schappo, aos 33 minutos do segundo tempo.

    CARTÕES AMARELOS – Córdoba e Jiménez (Ituano); Eduardo Brock, Geovane e Luvannor (Cruzeiro).

    CARTÃO VERMELHO – Lucas Dias (Ituano).

    ÁRBITRO – Bruno Arleu de Araújo (RJ).

    RENDA – R$ 144.500,00.

    PÚBLICO – 5.890 pagantes.

    LOCAL – Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP).

    Últimas