Com jovens, Flamengo vence Nova Iguaçu com golaço no fim na estreia no Carioca

02/mar 23:38
Por Leandro Silveira / Estadão

Cheio de jovens das divisões de base neste começo do Campeonato Carioca, o Flamengo contou com um golaço de Max nos acréscimos do segundo tempo para abrir a busca pelo tricampeonato estadual com uma vitória. Derrotou, assim, o Nova Iguaçu por 1 a 0, na partida que abriu a edição 2021 do torneio, nesta terça-feira, no Maracanã, em seu primeiro compromisso na busca pelo tricampeonato estadual.

Menos de uma semana após faturar o bicampeonato brasileiro, o Flamengo iniciou o Estadual com uma atuação apagada e de pouca criatividade, mas triunfou com um belo gol de Max, que foi às lágrimas na comemoração. Um resultado duro para o Nova Iguaçu, que vinha conseguindo se defender bem. E ainda acertou o travessão no segundo tempo, demonstrando que até poderia ter conseguido a vitória. Mas acabou sendo derrotado.

O Flamengo voltará a jogar no sábado, quando vai encarar o Macaé, novamente no Maracanã. No dia seguinte, será a vez de o Nova Iguaçu receberá o Madureira, no Laranjão.

O JOGO – Com os principais jogadores em férias, o Flamengo atuou sob o comando do técnico do sub-20, Maurício Souza, e muitos jogadores dirigidos por ele, tanto que o mais experiente da formação inicial era Gabriel Batista, de 22 anos. Do outro lado, o Nova Iguaçu entrou em campo embalado pela conquista da seletiva ao Estadual.

Ainda que sob essas perspectivas, o primeiro tempo no Maracanã foi ruim. O Flamengo tinha mais posse e presença no campo de ataque, mas era lento e pouco produtivo. Ameaçou em um chute fraco de Thiaguinho aos 13 e teve a sua chegada mais clara aos 20. No lance, Ramon cruzou da esquerda, Lázaro ajeitou para trás e Daniel Cabral, de primeira, mandou à direita do gol. E ficou nisso, pois ao menos o time rubro-negro exibia segurança defensiva, não dando chances ao Nova Iguaçu de construir contra-ataque perigosos.

No início do segundo tempo, o Flamengo tentou sufocar o adversário e teve uma chance logo aos três minutos, quando Luiz Henrique espalmou um disparo de longe de Matheuzinho. Mas logo o Nova Iguaçu conseguiu travar os jovens rubro-negros. E teve uma boa chance em uma cobrança de falta ensaiada, aos 23 minutos, com o chute forte de fora da área de Luã passando muito perto do gol.

O Flamengo até tentava articular jogadas, mas mal conseguia finalizar. E ainda levava sustos, como em um disparo de longe de Abuda, aos 34 minutos, que parou no travessão. Sem conseguir articular jogadas, o time rubro-negro podia até considerar o 0 a 0 um bom resultado, ainda mais após Gabriel Batista abafar finalização de Canela aos 47.

Só que no lance seguinte, aos 48 minutos, o Flamengo marcou o gol da vitória. Lázaro rolou para Max, que, da esquerda, chutou de primeira e, com muito efeito, mandou no ângulo da meta de Luis Henrique.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1 X 0 NOVA IGUAÇU

FLAMENGO – Gabriel Batista; Matheuzinho, Noga, Natan e Ramon; João Gomes, Daniel Cabral (Max) e Yuri de Oliveira (Mateus Lima); Thiaguinho (Gabriel Barros), Lázaro e Rodrigo Muniz. Técnico: Maurício Souza.

NOVA IGUAÇU – Luis Henrique; Digão, Gilberto, Mezenga e Rafinha; Abuda, Vinicius Matheus (Vandinho) e Anderson Kunzel (Dieguinho); Yan (Luã), Raphael Carioca (Ezequiel) e Canela (Leonardo). Técnico: Carlos Vitor.

GOL – Max, aos 48 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Rejane Caetano da Silva.

CARTÕES AMARELOS – Matheuzinho, Yan, Yuri de Oliveira e Mezenga.

LOCAL – Maracanã, no Rio.

Últimas