Com 4 jogadores na briga, rodada final definirá o artilheiro do Brasileirão

22/fev 13:00
Por Estadão Conteúdo

A 38.ª e última rodada do Campeonato Brasileiro, nesta quinta-feira, terá uma outra definição importante fora apontar quem será o campeão. Quatro jogadores disputam o posto de goleador do torneio. Até o fim da rodada deste domingo, Thiago Galhardo (Internacional), Claudinho (Red Bull Bragantino), Marinho (Santos) e Luciano (São Paulo) têm 17 gols marcados cada e estarão em campo atrás de se isolar no posto de artilheiro.

Quem no momento está em vantagem é o são-paulino Luciano. O jogador é o único que ainda tem mais duas partidas para disputar. O clube do Morumbi enfrenta nesta segunda-feira, no Rio de Janeiro, o já rebaixado Botafogo. A oportunidade de enfrentar o lanterna do torneio pode ser decisiva para Luciano passar os demais concorrentes. No último domingo, os outros três artilheiros entraram em campo, mas não marcaram.

De todos os quatro candidatos a goleador máximo, quem mais se destacou nas últimas rodadas foi Claudinho. O jogador de 24 anos até passou a ser observado de perto pela comissão técnica da seleção brasileira. Neste ano de 2021, disputou 10 partidas e marcou 10 vezes. “Aqui no clube sempre teve muito trabalho e estamos sendo recompensados. Mesmo na fase que os resultados não estavam vindo, sempre acreditamos no nosso trabalho”, comentou.

Outro jogador cotado na seleção brasileira é o atacante Marinho. Eleito o craque da última Copa Libertadores, o atleta de 30 anos é um dos líderes do time. São 24 gols nesta temporada, o dobro do conseguido em 2019, quando anotou 12 vezes. Em postagem recente no Instagram, dedicou as atuações ao treinador Cuca, que está de saída do clube. “Quero agradecer ao professor Cuca: toda minha admiração, respeito em saber o quanto crescemos juntos, evoluímos. Aqui se formou uma família”, escreveu.

Thiago Galhardo chegou a ser o artilheiro disparado do torneio rodadas atrás, mas uma lesão fez com que outros concorrentes se aproximassem dele. O jogador do Internacional sofreu uma lesão na panturrilha em janeiro, quando tinha 16 gols marcados. O atacante ficou um mês fora e perdeu seis partidas. No retorno, até marcou na vitória sobre o Vasco, no Rio de Janeiro. Curiosamente, se tornou a grande aposta do ataque do clube após o titular Paolo Guerrero sofrer grave lesão no joelho.

O outro postulante à artilharia é um dos poucos destaques do seu time nesta temporada. Apesar do São Paulo decepcionar novamente, Luciano é quem conseguiu mostrar bom futebol. O jogador trazido do Grêmio chegou ao 17.º gol após anotar contra o Palmeiras, na última sexta-feira, e completar a marca de três partidas marcando gols. Um dos melhores momentos dele na temporada foi sob o comando do técnico Fernando Diniz, com quem tinha uma ótima relação desde os tempos de Fluminense.

Por uma coincidência, na rodada desta quinta-feira o colorado Thiago Galhardo deve torcer pelo sucesso de Luciano. O time gaúcho precisa ganhar do Corinthians e contar com uma vitória ou empate do São Paulo sobre o Flamengo para poder ficar com o título. Já os outros dois concorrentes à artilharia vão participar de jogos que cumprem tabela. O Santos, de Marinho, enfrenta o Bahia, em Salvador. Claudinho e o Red Bull Bragantino encaram o Grêmio, dentro de casa.

Confira os 10 últimos artilheiros do Brasileirão:

2019 – Gabriel (Flamengo): 25 gols

2018 – Gabriel (Santos): 18 gols

2017 – Jô (Corinthians) e Henrique Dourado (Fluminense): 18 gols

2016 – Fred (Atlético-MG e Fluminense), William Pottker (Ponte Preta) e Diego Souza (Sport): 14 gols

2015 – Ricardo Oliveira (Santos): 20 gols

2014 – Fred (Fluminense): 18 gols

2013 – Éderson (Athletico-PR): 21 gols

2012 – Fred (Fluminense): 20 gols

2011 – Borges (Santos): 23 gols

2010 – Jonas (Grêmio): 23 gols

Últimas