Cinco lixeiras foram danificadas e jogadas dentro do rio na Mosela

  • 01/03/2020 11:37

    Curso internacional

    A FMP/Fase vai sediar, nos dias 26, 27 e 28 de junho, de 8h às 18h, a segunda edição do curso Ensinando Medicina Baseada em Evidências, em parceria com a Universidade de Oxford, Inglaterra, direcionado para docentes, profissionais de saúde, pesquisadores e epidemiologistas envolvidos com ensino de MBE. Em Oxford, o curso é um dos mais famosos e procurados da instituição, sendo oferecido apenas uma vez ao ano, e faz parte da grade ofertada aos alunos de mestrado e doutorado em Saúde Baseada em Evidências da universidade. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas no endereço www.fmpfase.edu.br.

    Ainda a FMP/Fase

    A Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) está com inscrições abertas para o curso avançado de atualização em ortodontia, que pretende fornecer ao especialista as ferramentas necessárias para aprimoramento, com enfoque na validade dos meios diagnósticos, estabelecimento de protocolos terapêuticos baseados em evidências ou decorrentes de processos de inovação. A previsão de início é para março de 2020, com duração de 5 meses e coordenação do professor Ricardo de Souza Tesch.

    Os médicos David Nunan, pesquisador sênior da Universidade de Oxford, e Luís Eduardo Fontes, professor da FMP/Fase e coordenador do curso de extensão “Ensinando Medicina Baseada em Evidências”.

     

    QR nas obras

    Lei municipal resultante de projeto de Hingo Hammes determina que as placas de obras públicas de Petrópolis tenham, obrigatoriamente, o código QR, para acesso a informações completas e atualizadas sobre o serviço executado. O município terá até o dia 17 de fevereiro do ano que vem para se adequar à nova norma. Segundo Hingo, é mais um instrumento para que a sociedade acompanhe os gastos de dinheiro público. 

    Apoio a idosos

    As agências bancárias de Petrópolis terão 60 dias para contratar e treinar funcionário para auxiiar no atendimento de idosos e pessoas com deficiências, nos de autoatendimento. A lei, proposta pelo vereador Marcelo da Silveira, já está em vigor. Entre outras coisas, segundo Marcelo, a lei visa proteger os clientes de espertalhões que veem nos clientes com mais dificuldades alvos fáceis para aplicar golpes.

    Vandalismo na Mosela

    Cinco lixeiras – destas onde os moradores depositam seu lixo, nos bairros – foram danificadas e jogadas dentro do rio. O vandalismo aconteceu na Mosela. Além da destruição do bem público, o ataque resultou em grande quantidade de lixo espalhada em calçadas e ruas. A ordem na Prefeitura é aumentar a vigilância.

    Cursos

    Estão abertas as inscrições para os cursos de jovem aprendiz (para jovens de 14 a 22 anos), capoeira, taekwondo, zumba, operador de máquinas pesadas (jovens acima de 18 anos), dança do ventre e futsal, promovidos pelo Centro de Referência da Juventude do município. São 60 vagas para cada curso. Entre as atividades do órgão está o Projeto Empoderadas, que vai ensinar defesa pessoal para mulheres, além de oferecer acompanhamento psicológico e encaminhamento para o mercado de trabalho para as vítimas de violência doméstica.

    Nova sede

    A Associação de Produtores Rurais e Moradores do Jacó, em Itaipava, podem ganhar uma sede que permitirá a realização de várias atividades. É que o vereador Jorge Relojão propôs ao prefeito que ceda à instituição comunitária o prédio antigo da Escola Argemiro Machado, na Estrada Itaipava-Teresópolis. A escola encerrou atividades há vários anos e o prédio está sendo ocupado irregularmente desde então.

     

    Partisans mostram uma das fotos expostas na homenagem que o fotógrafo Bruno Soares faz a Petrópolis, no mês de seu aniversário. A mostra “Petrópolis através de novos olhares” será aberta na próxima quinta-feira, no Espaço Alternativo, do Centro de Cultura.

     

    Últimas