Cidade das Hortênsias vai operar oito linhas no Carangola

  • Continua após o anúncio
  • Continua após o anúncio
  • 30/jun 17:31
    Por Redação/ Tribuna de Petrópolis

    **Matéria atualizada às 09h38 do dia 01/07/2022 com o posicionamento das empresas de ônibus

    A empresa Cidade das Hortênsias vai operar as oito linhas de ônibus que atendem a comunidade do Carangola. De acordo com a Prefeitura, a decisão se deu em razão das constantes quebras nos veículos da Cascatinha, que atendia a região, gerando perdas de viagens e atrasos nos horários. Um relatório apresentado pela CPTrans à Prefeitura aponta que os ônibus da Cascatinha tiveram 200 falhas mecânicas apenas no mês de junho. 

    De acordo com o Centro de Controle Operacional da CPTrans, hoje, a empresa que tem maior eficácia no sistema é a Cidade das Hortênsias. Segundo a CPTrans, a empresa também não se desfez dos seus veículos durante a pandemia e a garagem se localiza no bairro Carangola (portanto, perto de onde as linhas circulam).

    A Prefeitura explicou que em maio, a CPTrans encaminhou um relatório técnico ao prefeito Rubens Bomtempo e à Procuradoria-Geral do Município apontando que a Viação Cascatinha não possuía mais condições de continuar operando na cidade. De acordo com o relatório, a continuidade da empresa no sistema de transporte público da cidade representa um risco de paralisação dos serviços a qualquer momento.

    Em abril, a Viação Cascatinha apresentou 174 ocorrências de falhas mecânicas. Já em maio, foram 255. Em junho (até as 16h do dia 28), foram 212.

    Licitação das linhas da Cascatinha deve ocorrer neste ano

    A prefeitura disse ainda que a licitação para as linhas operadas pela Viação Cascatinha deve acontecer ainda neste ano. A Comissão de Licitação do Transporte Público da CPTrans está responsável pela elaboração do Termo de Referência e do edital da licitação, que deverá conter, entre outros pontos, o modelo da concorrência pública e a quantidade de linhas que deverão ser operadas.

    O que diz as empresas

    A Cascatinha informou à Tribuna que considera a decisão equivocada, já que não foi comunicada e não teve qualquer condição de apresentar sua defesa. A empresa informou que vai recorrer judicialmente, com base na legislação, nos direitos e contratos. Destaca que foi uma das empresas mais prejudicadas com as duas catástrofes que atingiram o município, no início do ano, em razão da localização da garagem, tendo mais de 30 ônibus submersos.

    Já a Cidade das Hortênsias disse que está cumprindo rigorosamente as determinações e orientações da CPTrans e do município, que é o poder concedente do serviço de transporte público urbano.

    Confira as linhas transferidas para a viação Cidade das Hortênsias:

    • 503 (Cidade Nova)

    • 504 (Carangola Divino)

    • 505 (Vila Manzini)

    • 506 (Vicenzo Rivetti)

    • 519 (Vale do Carangola)

    • 526 (Modesto Guimarães)

    • 529 (Debora Couto Sucupira)

    • 598 (Vale do Carangola / Vicenzo Rivetti – noturno)

    Últimas