Cantora da banda ‘A Patroa’ diz que Marília Mendonça lhe deu razão sobre processo

  • 04/jul 14:01
    Por Estadão

    A cantora Daisy Soares, vocalista da banda A Patroa, concedeu uma entrevista ao Domingo Espetacular, da TV Record, que foi ao ar neste domingo, 3. Durante a conversa, ela revelou que teve uma reunião com Marília Mendonça e com Maiara e Maraisa antes da morte de Marília para discutir o processo sobre a marca Patroas.

    Em junho deste ano, a dupla sertaneja perdeu o direito de usar o termo, que dava nome ao projeto musical das irmãs em parceria com Marília Mendonça, após uma decisão do Tribunal de Justiça da Bahia.

    Segundo Daisy, ela tentou “dar abertura” para a negociação antes de entrar com o processo, que alega que ela faz uso da marca desde 2013 e completou o registro legal do nome em 2017.

    A cantora contou que se reuniou com as sertanejas em uma videoconferência que ocorreu uma semana antes do acidente que tirou a vida de Marília, em novembro de 2021.

    “Marília fala que era incontestável o nosso direito à marca. Isso para mim foi muito forte. Ela estava ali porque ela reconhecia o nosso direito”, disse Daisy. Em seguida, a vocalista afirmou que acredita que Marília lhe deu razão.

    A artista também comentou que Maiara e Maraisa diziam que queriam “construir um legado” com o nome As Patroas e que, ao fim da reunião, não chegaram a uma solução. Por isso, ela voltou a acionar a justiça.

    “Não tenho o dinheiro que elas têm, não tenho o poder que elas têm, mas dentro do que eu tive, dediquei tudo para essa marca, para essa banda”, disse.

    Últimas