Botafogo tenta espantar crise e seguir vivo; Embalado, Fluminense quer a vaga

17/abr 07:00
Por Estadão

A temporada nem bem começou e a crise já bate à porta do Botafogo. Eliminado na segunda fase da Copa do Brasil, a equipe que busca se reerguer após queda no Brasileirão corre enorme risco de não disputar as semifinais do Carioca. Ganhar de um empolgado Fluminense neste sábado, às 16 horas, significa se manter vivo. Mas o time tricolor também necessita do triunfo para garantir a quarta e última vaga antecipadamente.

Os botafoguenses chegam sob enorme tensão ao clássico Vozão. Depois de cair diante do ABC na Copa do Brasil o clima esquentou, com o zagueiro Kanu batendo boca com torcedor. Chegou a dizer que o clube “não viraria Real Madrid da noite para o dia” após a derrota por 1 a 0.

Nada que justifique o vexame em Natal, pois o Botafogo era o gigante do confronto. Perdeu, deixou de embolsar uma boa grana e ainda deixou o torcedor frustrado com o que pode vir pela frente. A missão é subir na Série B, mas o técnico Marcelo Chamusca precisa chegar na disputa com um time “pronto”.

A maior carência é na vaga de centroavante. Matheus Babi foi para o Athletico-PR e Navarro está machucado. O menino Matheus Nascimento será o responsável por buscar os gols do Botafogo no clássico. Chamusca ainda não terá o volante Frizzo, que se machucou.

Contudo, deve dar voto de confiança aos demais titulares e repetir o esquema que vem utilizando já faz alguns jogos. Surpreender o rival significa diminuir a diferença para um ponto, restando a rodada decisiva.

Empolgado por duas ótimas vitórias seguidas, com sete gols marcados e “descobrindo” mais um jovem atacante de futuro, o bom e atrevido Kayky, o Fluminense pisa no Maracanã para carimbar o passaporte às semifinais.

Ganhar significa estar entre os quatro melhores matematicamente e, de quebra, deixará o time ainda mais empolgado para sua estreia na Libertadores, quinta-feira, diante do forte River Plate, também no Maracanã.

Como tem tempo até o jogo diante dos argentinos e sem problemas na escalação, Roger Machado deve apostar na equipe que vem utilizando ultimamente. A dúvida está em repetir a escalação ofensiva com três homens na frente. Kayky está confirmado ao lado de Fred e Luiz Henrique disputa vaga com Yago Felipe, numa possibilidade de escalação mais precavida.

Com 16 pontos, o Fluminense não poderá mais ser alcançado por Vasco e Botafogo caso vença, pois terá uma vitória a mais que o time cruzmaltino, único com possibilidade de somar 19 pontos.

Últimas