Borboletário Shangrilah: um recanto a céu aberto no Brejal

  • Continua após o anúncio
  • Continua após o anúncio
  • Por Aghata Paredes

    No último distrito de Petrópolis, na Posse, petropolitanos e turistas têm a oportunidade de viver uma experiência pra lá de especial. O Brejal, conhecido por suas hortaliças orgânicas e ecoturismo, abriga um sítio em que as borboletas são as principais moradoras. Lá, diversas espécies voam em liberdade, encantando diariamente não apenas a idealizadora do espaço, mas todos aqueles que visitam o local.

    Fotos: Tiana Gonçalves

    As borboletas não são apenas insetos que encantam pelas suas cores, mas também pela missão que desempenham no equilíbrio da natureza. Assim como as abelhas, as borboletas também são polinizadoras, ou seja, elas contribuem para a biodiversidade dos locais por onde voam. 

    O Borboletário Shangrilah foi idealizado por Relindes, que possui um sítio na região da Posse há muitos anos. A proprietária, que já trabalhou com apicultura e turismo, conta que passou a estudar as borboletas quando percebeu que era presenteada com essas visitantes com frequência. “Comecei a procurar pelos ovos, pelas lagartas. Presenciei o nascimento de algumas borboletas aqui e ali. Depois dessas experiências e de estudar sobre o assunto, decidi criá-las em plena liberdade.” A ideia do borboletário, segundo ela, surgiu por volta de 2006.

    Foto: Tiana Gonçalves

    Questionada sobre a rotina de cuidado e manejo do borboletário, Relindes conta que criar borboletas requer higiene, observação e paciência. “A rotina aqui no Shangrilah é limpar e esterilizar duas vezes por dia o local onde elas ficam, trocar as folhas que as lagartas comem, procurar pelos ovos, além de manter em dia as informações sobre a quantidade e o período em que eles eclodiram.”, conta com orgulho. 

    Sobre o que enxerga de mais bonito em seu trabalho, a idealizadora diz que é criar e soltar as borboletas no jardim. “De cada 100 ovos, apenas 2 chegam na fase de borboleta. Todo o restante serve de alimento no caminho. O que eu vejo de mais bonito no meu trabalho, sendo assim, é criar algumas borboletas e soltá-las no local. Dessa forma, eu estou colocando na natureza mais de 2% delas. Uma curiosidade é que eu consigo identificar as borboletas que soltei por alguns dias, já que elas ficam voando por perto.”

    Foto: Tiana Gonçalves

    O Shangrilah não é um borboletário fechado, diferente de outros locais no mundo. O espaço possui uma proposta totalmente diferente, o que é motivo de orgulho para a proprietária. “Aqui é um borboletário a céu aberto. Então nós temos a chance de ver borboletas de diferentes espécies todos os dias, voando livremente.”, conta. 

    Foto: Tiana Gonçalves

    A experiência diferenciada proporcionada pelo borboletário pode ser observada pela dedicação com que Relindes recebe um grupo ou família. No local, a proprietária apresenta o espaço, explica sobre a rotina do borboletário e sobre a diversidade de borboletas encontrada no jardim. 

    Aos interessados em visitar o borboletário, a visitação pode ser agendada por telefone: (24) 98178-9778. Além disso, o borboletário só recebe um grupo ou família por dia e possui um valor simbólico de R$5 para crianças de 6 a 12 anos, e de R$10 para crianças maiores de 12 anos e adultos.

    Endereço: Estrada do Brejal, 5,8 km, Posse.

    Últimas