Boletim aponta aumento de casos de covid-19 no estado do Rio

  • 12/jun 12:20
    Por Agência Brasil

    O Panorama Covid-19 desta semana, divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES-RJ) apresenta cenário que indica tendência de crescimento dos indicadores precoces da doença-19, mas com solicitação de leitos ainda em patamares baixos. A análise considera dados registrados na semana de 29 de maio a 5 de junho.

    “Estamos observando um aumento nos indicadores da covid-19 no estado. Por isso, convocamos a população para que retorne aos postos para completar o esquema vacinal. Quem ainda não tomou a primeira dose, ou as doses de reforço, deve fazer isso o quanto antes. As vacinas são seguras e a forma mais eficaz que temos para evitar casos graves e óbitos pela covid-19”, disse o secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe.

    A SES informou que acionou o plano de contingência da covid-19 e já reverteu 30 leitos de enfermaria e 10 de unidade de terapia intensiva (UTI) no Hospital Estadual Dr. Ricardo Cruz, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A ação pode ser estendida a outras unidades, de acordo com a demanda. O plano de contingência prevê a ativação de níveis a partir de determinados cenários epidemiológicos. Com base no plano, em cada nível de ativação, são definidas as medidas de enfrentamento a serem tomadas.

    Os atendimentos a casos de síndrome gripal nas unidades de pronto atendimento do estado (UPAs) aumentaram 14% em relação à semana anterior. Na semana de 22 a 28 de maio, a média diária de atendimentos foi 428, sendo 263 pediátricos. Já entre os dias 29 de maio a 5 de junho, foram em média 489 atendimentos, dos quais 256 pediátricos.

    De acordo com o boletim, a taxa de positividade de antígeno continua em tendência de crescimento. Na última semana, foram realizados em média 10 mil testes por dia, sendo a positividade de 28%. Quanto ao RT-PCR, exame que identifica o coronavírus no período em que está ativo no organismo, estão sendo analisados em média mil exames por dia, com positividade de 23%.

    No dia 3 deste mês, a Subsecretaria de Vigilância e Atenção Primária à Saúde enviou nota técnica aos 92 municípios do estado com orientações sobre testagem para covid-19. O texto recomenda que as unidades básicas e de pronto atendimento mantenham a oferta de teste rápido de antígeno para todos os casos de síndrome gripal.

    Cerca de 450 mil testes de antígeno estão à disposição dos municípios que solicitarem o exame. A medida tem como objetivo tornar o diagnóstico acessível a todos os que procurarem os serviços de saúde pública e mantenham o monitoramento do cenário epidemiológico da covid-19 no estado. Além disso, a realização do exame permite que, nos casos confirmados, as medidas de contenção sejam adotadas, evitando a transmissão da doença.

    Últimas