Bernardo Rossi mais econômico que Hingo Hammes?

24/jul 03:30

E a prefeitura acabou cancelando a licitação para aluguel, por seis meses, de uma tenda com teto máximo de R$ 466 mil para atendimento da covid na UPA Cascatinha. Na época de Bernardo Rossi a tenda da UPA Centro, por um mês, custou R$ 44 mil. Comparando com a tenda do interino Hingo Hammes, em cerca de R$ 77 mil, a de BR saiu até barata, né? De qualquer forma, o gasto com as tendas em 2020 segue sendo uma incógnita. Essa de R$ 44 mil por um mês é a única que foi dada publicidade. O resto ainda carece de investigação.

Bota na conta!

A suspensão da licitação da tenda, por parte da prefeitura, foi por “questões administrativas”, mas o executivo não dá maiores detalhes. Mas, vamos combinar que o que suspendeu foi o preço absurdo pela estrutura. E podem colocar essa na nossa conta. Foram os Partisans, bocas de balde, que apontaram o valor estratosférico.

Vítimas mais jovens

Em todo o país há o rejuvenescimento da faixa etária da população vítima fatal da covid. Com os idosos vacinados esta parcela teve mortes reduzidas nos últimos meses. Já os óbitos para menores de 60 anos aumentaram. Só este mês, em Petrópolis, foram divulgadas 33 mortes de pessoas abaixo de 60 anos. E algumas jovens com 29 anos, 34 anos… Por isso a importância de acelerar a vacinação.

Melhora isso, gente!

Uma década após a tragédia de 2011 o governo do Estado anunciou mais casas para os desabrigados. Em Petrópolis seriam 340 em locais já divulgados exaustivamente como Mosela, Benfica e Vale do Cuiabá. Agora se for uma obra igual ao conjunto da Posse que desde que foi entregue só dá problema…

O RioSolidário inaugurou no Shopping Leblon a exposição dos itens usados por atletas como Neymar Jr. e Usain Bolt (foto) que estarão no leilão virtual da campanha Atletas Solidários. Mais de 20 peças foram doadas entre elas pranchas dos campeões mundiais de surfe Adriano de Souza, o Mineirinho, e Ítalo Ferreira; o kimono do José Aldo e a raquete da ex-tenista Maria Sharapova. O arremate ainda não tem data definida, mas toda a verba será revertida para o combate à pobreza no Rio.

Pandemia dos sem vacina

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou que o país sofre uma pandemia entre aqueles que não se vacinaram contra a covid-19. Novos casos e óbitos são registrados entre os que se recusaram a se imunizar. Mas, não é um problema exclusivo dos americanos.

Aqui também

De acordo com o Laboratório de Estatística e Ciência da Universidade Federal de Alagoas, que faz parte do ModCovid19, grupo que reúne pesquisadores de algumas das principais universidades do país, mais de três milhões de pessoas com 60 anos ou mais ainda não compareceram aos postos nem para a primeira dose da vacina.

Evasão

E tomando como base, de forma grosseira, evidentemente, a pesquisa do Datafolha que apurou que 5% da população do país não querem se vacinar e aplicando sobre Petrópolis este índice, teremos um público de 12.800 moradores que não pretendem se vacinar. O número é alarmante em todo Brasil e vai ser necessário medidas restritivas para essa população não apenas pelo risco a outras pessoas, mas pelos gastos na rede pública que podem ser evitados com apenas duas agulhadas no braço.

Alarme falso

Ontem, o prefeito interino Hingo Hammes e o secretário de Saúde, Aloísio Barbosa, estiveram no Hospital Nelson de Sá Earp. A gente até pensou que fossem, finalmente, inaugurar o tomógrafo, mas foi alarme falso. “Entregaram” o setor de densitometria óssea e a reforma do refeitório. O tomógrafo agora aguarda 13 meses por sua instalação e funcionamento.

Contagem         

Petrópolis está há 204 dias sem prefeito eleito pelo povo.

Mãe é mãe!

Ciro Nogueira assumindo o Ministério da Casa Civil de Bolsonaro vai deixar a vaga para… a sua mãe, Eliane, que é primeira suplemente. Têm ainda outros dois casos de mães e filhos como senadores: Nilda Gondim é mãe de Veneziano Vital do Rego e Kátia Abreu, mãe de Irajá, eleito pelo Tocantins. Foi aí que ficamos matutando: e se rolasse da gente ter Dona Matildes, mãe de Daniel Silveira em seu lugar como deputado federal?

Eles estão de volta! Os ônibus de turismo retornando à cidade que estava cheia desde cedo ontem.

Como assim?

O governado cassado Wilson Witzel vai ministrar um curso online de formação política. E convidou para ser seu parceiro o advogado Alexandre Bordallo. O nome do curso é “Seja um candidato vitorioso”, com a meta de formar lideranças políticas. A história de Witzel, todos já conhecemos, mas a de Bordallo… Ele foi condenado por crime de furto qualificado ao roubar R$ 8,2 mil da sala de seu chefe num escritório de advocacia, flagrado por câmeras!

E o ISS?

Sobre os R$ 700 mil mensais de subsídio às empresas de ônibus, um Partisans lembrou bem: e o que as empresas devem de ISS ao município?  São mais de cinco anos sem recolher e o volume já alcança R$ 18 milhões. Em todo esse período como a prefeitura conseguiu também não cobrar, ainda que judicialmente, estas dívidas?

Contatos com a coluna: lespartisans@tribunadepetropolis.com.br     

Últimas