Bancários do BB anunciam estado de greve a partir desta sexta-feira

28/jan 12:05
Por Janaina do Carmo

Bancários do Banco do Brasil (BB) decidiram em assembleia decretar estado de greve a partir desta sexta-feira (29) em todo o Brasil. A paralisação é contra a política de reestruturação do BB, que vai fechar 361 agências em todo o país e dispensar aproximadamente cinco mil trabalhadores.

“Os bancos públicos levam agências até as localizações mais distantes e precárias do país. Não vamos deixar que esse desgoverno faça desmonte no Banco do Brasil e prejudique milhares de famílias no Brasil. O Banco do Brasil lucra em média R$ 1 bilhão por mês, mas fecha centenas de agências e dispensa cinco mil funcionários. Quem perde também é a população, com o mau atendimento”, lamentou o presidente do sindicato dos bancários, Marcos Alvarenga.

Além do fechamento das agências, a política de reestruturação do BB também conta com a transferência compulsoriamente de funcionários, o descomissionamento e redução de salário. “O Banco do Brasil faz uma reestruturação que fecha mais de 360 agências, acaba com mais de cinco mil postos de trabalho para economizar R$ 350 milhões ao ano, sendo que lucra mais de R$ 1 bilhão por mês. Que lógica sem sentido é essa?!”, questionou o sindicalista.

O sindicalista explicou que há possibilidade da suspensão de atendimentos de agências e setores em Petrópolis a partir de sexta, devido ao estado de greve, mas não informou quais os bancos que não estarão atendendo. “O estado de greve é para comunicar e alertar a população, em especial clientes e usuários do BB”, disse Alvarenga.

Últimas