Bachelet se diz ‘alarmada’ com ataques de mineradores contra indígenas no Brasil

13/set 14:46
Por Gabriel Bueno da Costa / Estadão

Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet afirmou hoje estar “alarmada” com ataques recentes contra integrantes de dois povos indígenas do Brasil, os Ianomâmi e os Munduruku. Durante reunião do Conselho dos Direitos Humanos da ONU nesta segunda-feira, 13, ela disse que esses ataques foram realizados por “mineradores ilegais na Amazônia”.

Ex-presidente do Chile, Bachelet não se estendeu sobre o caso brasileiro, em seu comentário. Ela tratou do País enquanto fazia um balanço geral dos direitos humanos no mundo atualmente e também tratava em particular do quadro na Venezuela, no Afeganistão, na Nicarágua e no Sri Lanka.

Últimas