Autor do gol da vitória do Flamengo, Max se emociona e homenageia o pai

03/mar 00:03
Por Estadão

Com um time de garotos na estreia no Campeonato Carioca, o Flamengo venceu o Nova Iguaçu por 1 a 0, nesta terça-feira, no Maracanã. Autor do gol do triunfo, o meia Max se emocionou após garantir os três pontos para a sua equipe aos 48 minutos do segundo tempo.

Max saiu do banco de reservas no início do segundo tempo e no último lance da partida arriscou chute forte de fora da área e acertou o ângulo da meta defendida pelo goleiro Luís Henrique. A bola ainda bateu na junção da trave antes de entrar. “Estou muito emocionado. Fui feliz no chute, logo na estreia pelo time profissional do Flamengo, vindo da base. Vim aqui para ajudar”, disse o meia, na saída do gramado.

Max tem 19 anos e foi contratado pelo Flamengo em 2020, após defender o Tupi-MG na Copa São Paulo de Futebol Júnior. O meia comentou sobre a chegada ao clube e aproveitou para homenagear o pai.

“Cheguei ao Flamengo no ano passado, após um olheiro do Flamengo me ver jogando na Copinha. Hoje eu só tenho a agradecer minha família e oferecer este gol ao meu pai, que já está no céu, mas sempre me disse que um dia eu vestiria essa camisa”, completou o herói da noite.

Nesta terça-feira, o Flamengo entrou em campo com time formado praticamente apenas por garotos do sub-20, já que o elenco principal está em férias após o término e a conquista do Campeonato Brasileiro. O técnico Rogério Ceni e sua comissão técnica também não dirigiram o time, que foi comandado por Mauricio Souza. O Flamengo agora voltará a campo no sábado para enfrentar o Macaé, às 18 horas, no Maracanã.

Últimas