Alunos de escolas municipais participam de projeto de empreendedorismo online

28/jun 13:46
Por Redação/Tribuna de Petrópolis

Nesta terça-feira (29), cerca de 300 alunos das escolas municipais de dez cidades da Região Serrana vão participar do Projeto “Empreendedores do Futuro”, promovido pelo Sebrae Rio. A palestra “Casos de Sucesso de Jovens que Empreenderam através da Crença em seus Sonhos”, tem o intuito de levar histórias inspiradoras aos estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e o Ensino Médio. O projeto, que acontece em parceria com as prefeituras municipais, é gratuito e totalmente online.

As cidades envolvidas no projeto são: Cordeiro, Duas Barras, Trajano de Moraes, Carmo, Sumidouro, Cachoeiras de Macacu, Cantagalo, Nova Friburgo, Macuco e Santa Maria Madalena.

“Há quatro anos trabalhamos com as prefeituras desses municípios com o programa nacional: JEPP – Jovens Empreendedores Primeiros Passos, que é focado nos alunos do Ensino Fundamental I e II, mas quando veio a pandemia e as secretarias de Educação precisaram se reestruturar para oferecer aulas online, o programa precisou ser paralisado. Nosso objetivo é que a Educação Empreendedora seja mantida na região Serrana, por isso idealizamos o projeto Empreendedores do Futuro, que acontece 100% online”, conta a analista do Sebrae Rio na Região Serrana, Raquel Stumm, reforçando que contou com o apoio das secretarias municipais de Educação para desenvolver o novo projeto focado no empreendedorismo.

O Empreendedores do Futuro tem um período de atuação menor que o JEPP. Enquanto o Jovens Empreendedores Primeiros Passos funciona por todo o ano letivo, o projeto online tem atuação ativa por três meses – de junho a agosto. Nesta versão, considerada “pocket”, serão realizadas duas palestras para os alunos, sendo que uma terá casos de sucesso de jovens empreendedores e a outra abordará o tema Bullying Digital. Outra novidade é que os pais dos estudantes também puderam participar do projeto e já tiveram uma palestra com o tema ‘Os desafios de empreender na Pandemia e a valorização do empreendedor local’.

A iniciativa prevê o incentivo ao empreendedorismo entre jovens com menos de 24 anos, que formam 6% dos empreendedores no Estado do Rio. “No entanto, não falamos somente do empreendedorismo de ter um negócio próprio, mas de incentivar o jovem a ter atitudes empreendedoras, tais como metas, planejamento e persuasão, onde quer que ele atue”, explica Raquel.

Já os professores recebem treinamento para trabalhar habilidades sociemocionais, como empatia, resiliência, escuta ativa e comunicação não-violenta e outras 15 oficinas ao longo deste período.

Jovens Empreendedores Primeiros Passos – O JEPP não será paralisado. Em outubro vai acontecer o 4º seminário com os envolvidos no projeto. No JEPP alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental recebem informações sobre empreendedorismo durante as aulas, em meio ao cronograma escolar. Quem recebe as capacitações para a aplicabilidade do programa são os profissionais de Educação e, no fim do ano, os alunos realizam feiras de empreendedorismo.

“Enquanto o projeto não pode ser retomado presencialmente, o Empreendedores do Futuro tem garantido o futuro da cultura empreendedora na região Serrana”, completou Raquel.

Últimas