AgroSerra: da Roça ao Prato vai reunir os melhores sabores da região em julho

  • Continua após o anúncio
  • Continua após o anúncio
  • Por Aghata Paredes

    Depois de um grande hiato, por conta da pandemia, petropolitanos e turistas vão poder prestigiar uma nova edição do festival que nasceu na Vila de Secretário, o AgroSerra. Este ano, o evento vai acontecer nos dias 22, 23 e 24 de julho.

    Em 2015, um grupo de moradores, empreendedores e sitiantes de duas vilas pra lá de charmosas, Secretário e Sebollas (Inconfidência), deram  as mãos com um desejo e uma importante missão, a de resgatar e valorizar a cultura local.

    Ao unir produtores locais em um espaço colaborativo, ressaltando a cultura e os melhores sabores da região, o sucesso foi tanto que o evento passou a ser realizado anualmente. Aliás, o AgroSerra já foi até realizado em outros locais: Rio de Janeiro, Niterói, Paty do Alferes e Friburgo. 

    Foto: Divulgação

    Janice Caetano, a idealizadora do evento, diz que os petropolitanos e turistas podem esperar muita energia positiva da edição de julho. “Está todo mundo ansioso, tanto os expositores quanto os moradores de Secretário e visitantes. A pandemia aumentou o interesse das pessoas pela zona rural e o AgroSerra saiu na frente desde sua criação, em 2015, com o foco no resgate da cultura da roça em um ambiente acolhedor. Dois anos de pandemia comprovaram que devemos disseminar os conceitos da sustentabilidade, da solidariedade e da simplicidade, caminhos sempre promovidos pelo AgroSerra.”

    A última edição do AgroSerra foi realizada em 2020, mas foi totalmente virtual. Este ano, o festival promete, além do calor humano, muitas surpresas. Uma delas será o quadro “Receita Afetiva, adoro cozinhar”. Antes do evento, será lançado o desafio nas redes sociais do AgroSerra para que as pessoas inscrevam suas receitas de família.  A escolha será por meio das redes sociais e o vencedor terá a oportunidade de reproduzir sua receita na cozinha do evento. Alguns indicadores para a eleger a receita vencedora, segundo Janice, são: tempo de existência da receita, uso de produtos locais, lembrança do cheiro e do sabor da roça. 

    Além do novo quadro, uma das novidades nesta edição será o resgate da dança de quadrilha, típica das festas juninas e julinas. “A ideia é que os visitantes também façam parte da brincadeira. Será uma grande festa em comemoração à volta do convívio social.”, explica a idealizadora do AgroSerra.

    O festival receberá cerca de 60 expositores das áreas de gastronomia e pequenas agroindustriais, com deliciosos queijos, conservas e doces, além de  artesanato e cerveja artesanal. Além disso, já estão confirmadas algumas atrações: o Lançamento e Roda de Conversa com a renomada jornalista e escritora Sonia Hirsch; a Oficina sobre o uso das  plantas medicinais e aromáticas com Yara Brito, especialista no tema; além da tradicional Premiação do Talentos da Roça, que tem como objetivo premiar um case de sucesso de um microempreendedor petropolitano.  

    O Festival AgroSerra da Roça ao Prato é organizado pelo Instituto Caminho da Roça (ICR), uma associação sem fins lucrativos e de utilidade pública municipal. Sendo assim, caso ocorra lucro proveniente de patrocínios, segundo Janice Caetano, os recursos serão direcionados para os projetos sociais e ambientais do ICR. 

    Últimas