A homenagem de quem revelou Luiz Henrique para o futebol

  • Continua após o anúncio
  • Continua após o anúncio
  • 01/jul 10:25
    Por Roberto Márcio, especial para a Tribuna

    Neste sábado, o craque Luiz Henrique, que estava no Fluminense, embarca para a Espanha para se apresentar ao Bétis, sua nova casa. O jogador petropolitano, revelado pelo treinador e gestor de carreiras, Johnny Max, deve ser apresentado na segunda-feira em coletiva para a imprensa. A saída da jóia para o futebol espanhol encantou a todos, sendo que Johnny escreveu um texto prestando homenagem ao talentoso meia atacante, que a Tribuna reproduz abaixo:

    “Luiz Henrique, lembro-me bem do dia em que te vi jogando, no campo de terra, no seu bairro. Deus permitiu que nosso encontro acontecesse para que uma linda história fosse traçada.

    Eu, que sempre sonhei em ser jogador de futebol, na tristeza da desilusão, acabei transformando o meu sonho, no seu sonho. Como voluntário, em um projeto social, nos esbarramos.

    Você pequeno, humilde, mas com um talento imensurável. Eu, tentando recomeçar, depois de uma vida toda dedicada ao futebol. Quando te convidei para treinar comigo, sabia que estava apostando em algo que poderia dar certo. E, mesmo a sua mãe não concordando muito, começamos os treinos na Escola Max, aos sábados.

    Não tinha muito para te oferecer, mas poderia alimentar a sua esperança e fortalecer o seu dom. Participando de um torneio, no qual muitos ficaram babando com sua performance, a oportunidade bateu em nossa porta, o convite para treinar no Fluminense, em Xerém, quando completasse os 11 anos. Seguimos no trabalho, até que chegou a hora: descer e subir, a serra era nosso caminho de cada dia.

    Entre lanches, carro quebrado no meio do caminho, sono, calor, chuva, horário apertado, o sonho ia se construindo. Depois dos treinos, um biscoito, um suco, um pão para lanchar. São tantos detalhes que não daria para escrever em um texto, mas daria um livro.

    Certo dia, do nada, você disse que não queria mais jogar no Fluminense e, no meio da rua, em frente ao Palácio de Cristal em Petrópolis, veio com a conversa de que ia ficar na comunidade, no projeto de judô, queria brincar.

    Perguntei se tinha certeza do que estava falando, seu irmão disse que você era “maluco.” Lembra? Contra a sua vontade, te coloquei no carro e disse “Vamos essa é sua oportunidade muitos queriam estar no seu lugar”. Naquele momento achei que tinha sido muito duro, passando dos limites te obrigando a treinar, mas hoje vejo que foi a melhor coisa que fiz.

    Não deixei você desistir!

    Você não me deixou desistir! Podia faltar tudo, menos a confiança e a esperança! Conseguimos que você ficasse no CT, durante a semana, para poder treinar. O cansaço diminuiu, buscava você toda sexta-feira e isso não nos distanciou!

    Eu fazendo papel de pai: indo à escola ouvir reclamações, controlando seus passos para que não perdesse o foco.

    Você cresceu e foi morar sozinho, ainda em Xerém. Aliás, consegui uma casa para você e mobiliei, fiz umas compras e deixei para você!

    Amizades, influência negativa, balada, você perdeu sua vaga no time! Não deixei de acreditar em você! Nessa hora, você voltou para Petrópolis “de mala e cuia”. Tínhamos que acertar os pontos. Colocar a cabeça no lugar. E deu certo!

    A Copinha foi o ápice de sua atuação como jogador, muitos olhares sobre você, e eu, estava para ver aquele belo gol. Convocado para o time principal, começava a jornada no profissional.

    Cabeça voando, trabalho exigente, não poderia perder o foco, era só o começo!
    Muita conversa, broncas, direcionamento e acompanhamento!

    Eis que surge o primeiro gol, no profissional, emoção que não cabia no peito!
    A convocação para a Seleção Brasileira foi mais uma vitória, sonho realizado.
    Altos e baixos, derrota e vitória, luta, trabalho e humildade! Quem vê você precisa conhecer sua história! Nem sempre foram “flores”!

    Passamos por muitas coisas, mas sempre juntos! Um carinho de pai e filho, confiança que gerou resultados espetaculares!

    O Zulu, da escola Max, agora Luiz Henrique do Fluminense! Eu, de professor a empresário! Caramba, que filme! Deus tinha mesmo um plano para nós!
    Agora, vamos desbravar a Europa, meu filho! Estarei com você, sempre!

    É só o começo de uma história brilhante e abençoada!”

    Johnny Max e Luiz Henrique.
    Foto: Divulgação

    Antepenúltima rodada do Estadual da Série C terá jogo domingo no “Atilhão”

    Neste domingo, a partir das 14h45, no estádio Atílio Marotti, vai acontecer o jogo entre o Vera Cruz e Uni Souza, válido pela antepenúltima rodada da fase turno do Campeonato Estadual da Série C. O time petropolitano vem de derrota por 2 a 0 para o Atlético Carioca, no campo do rival, e planeja somar pontos nesta reta final em sua participação inédita na competição.

    Petrópolis/Gonçalense enfrenta líder do grupo A e quer a reabilitação na A-2 neste sábado

    Não há tempo para lamentar. O Petrópolis/Gonçalense já esqueceu a derrota para o América em casa e o time está pronto para encarar o Olaria, neste sábado, às 14h45 no estádio da Rua Bariri, pela terceira rodada da Taça Corcovado (segundo turno). Sabendo que o rival está 100 por cento nesta fase do Campeonato Estadual da Série A2, o elenco da Cidade Imperial não quer ser surpreendido, mas vai ao ataque para encerrar a invencibilidade do rival nesta fase.

    Petrópolis/Gonçalense quer a reabilitação, fora de casa, no estadual da série A2.
    Foto: Arthur Barreto

    Após pré-temporada, time mexicano estreia no Apertura neste domingo

    Após quatro semanas de pré-temporada, o Atlético San Luis vai enfim estrear neste domingo, no Torneio Apertura 2022 da Liga Mexicana, sendo que enfrentará o Leon, às 19h, no estádio Alfonso Lastras Ramírez. O Atlético, que tem na comissão técnica o petropolitano Gustavo Leal – medalha de ouro nos Jogos Olímpicos -, espera garantir destaque na competição.

    Preparador físico do Pérolas Negras, pedra no sapato do Serrano, é petropolitano

    O Pérolas Negras, pedra no sapato do Serrano em 2021, voltará a reencontrar o Leão da Serra no Campeonato Estadual da Série B1. O time disputa atualmente o Campeonato Brasileiro da Série D e vai brigar pelo título da Copa Rio. A parte física do elenco profissional é feita pelo petropolitano Rodrigo Brito, que já havia trabalhado no clube em 2020. Brito já esteve no Serrano na preparação do time nos anos de 2017 e 2018.

    O sábado será vermelho e branco no ginásio Belmiro José Sant ́Anna

    O sábado será movimentado no ginásio Belmiro José Sant ́Anna, que vai receber, a partir das 20h, uma grande partida de futsal: pela última rodada do Campeonato Carioca (categoria de adultos), o Corrêas vai receber o Magé. O duelo chama atenção pelo fato de ambos serem considerados favoritos, ao lado de Olaria e Vasco, à conquista do título carioca. Os correnses já estão classificados para as quartas-de-final.

    Serrano pode conhecer seu primeiro adversário na Série B1 nesta sexta-feira

    O destino do Campeonato Estadual da Série B1 será debatido hoje, a partir das 15h, na sede da Federação de Futebol do Rio, onde a entidade reunirá os clubes para discutir detalhes sobre tabela e regulamento da competição, que deve começar em setembro. A expectativa é a de que os serranistas conheçam o primeiro adversário. Quanto aos dois laudos que faltam para a liberação completa do Atílio Marotti, tudo deverá ser resolvido até agosto.

    Veteranos serranistas farão grande festa para comemorar 30 anos do título

    Os jogadores campeões de 1992 farão grande festa para comemorar os 30 anos da conquista do primeiro título profissional do Serrano. O evento será no dia 10 de julho, a partir das 9h, no campo do Pau Grande, em Magé. A atividade será mais uma de vários programas para o ano, com direito a amistosos, churrasco e além, é claro, daquela resenha para recordar a competição.

    Serrano pega rival já classificado e vitória simples garante vaga na semi do sub-20

    A disputa pela única vaga para a semifinal do Campeonato Estadual da Série B1 (categoria sub-20) vai pegar fogo. O Serrano, que só depende de si para alcançar o objetivo, enfrenta no Moacyrzão, o já classificado Serra Macaense. O time petropolitano, contudo, não pode cochilar, ou empatar porque CEAC/Araruama, Paduano e 7 de Abril também têm chances de classificação e jogam no mesmo dia e horário.

    Serrano pega rival já classificado e vitória simples garante vaga na semi do sub-20 2

    Se a primeira fase tivesse terminado no fim de semana que passou, o Serrano ficaria com a quarta vaga. Com 15 pontos, a equipe petropolitana está em quarto lugar e mesmo se vencer neste sábado não alcança o Serra Macaense, seu rival na última rodada. O CEAC Araruama está em quinto, com 14 pontos e superando em um ponto o Paduano. O 7 de Abril ocupa a sétima colocação.

    Leão da Serra e Vera Cruz dividem jogadoras para disputa do Municipal de futsal feminino

    Dois dos clubes mais tradicionais da cidade confirmaram presença nesta semana no Campeonato Municipal de futsal feminino. O Serrano, com excedente de jogadoras, vai ceder atletas para o Vera Cruz na disputa da competição – que será organizada pela Liga Petropolitana de Desportos – , que terá início no dia nove de julho. O Leão da Serra tem como diretora de futsal Danny Oliveira.

    Patrícia Bade fará exibição de Bolão 16 na Coral neste domingo para apoiadores

    Neste domingo, por volta das 15h, na Sociedade Coral Concórdia, a petropolitana Patrícia Bade fará uma exibição de Bolão 16 para os apoiadores ou curiosos da modalidade, que irá defender a seleção brasileira em julho, na Alemanha. Bade pretende neste dia comemorar seu aniversário de 27 anos às vésperas de embarcar para a disputa do Campeonato Mundial da modalidade.

    Patrícia Bade fará exibição no Coral Concórdia.
    Foto: Divulgação

    Patrícia Bade fará exibição de Bolão 16 na Coral neste domingo para apoiadores 2

    Na expectativa para a disputa do Mundial, que vai acontecer do dia 16 a 21, Patrícia Bade acelera os treinamentos na Sociedade Coral Concórdia. A atleta realiza uma preparação muito forte para não decepcionar no campeonato. Ela embarca no dia nove em São Paulo ao lado dos demais atletas brasileiros e segue para a Alemanha. Sobre a vaquinha virtual, o dinheiro levantado, segundo Bade, vai ajudar demais em sua estadia.

    Treinador petropolitano vai ao Quênia para acompanhar treinamento de Danielzinho

    O treinador petropolitano Jorginho Silva está no Quênia acompanhando os treinos finais de Daniel Ferreira, o Danielzinho, para a disputa do Campeonato Mundial de Atletismo no dia 17 de julho, que será no estado do Oregon, Estados Unidos. Além de orientar os últimos preparativos do corredor que vai brigar pelo ouro mundial, vai conhecer também os bastidores de onde se formam os melhores corredores de longa distância no planeta.

    Jorginho Silva está com Danielzinho no Quênia, nos preparativos para a disputa do Mundial de atletismo.
    Foto: Divulgação

    Equipe de Petrópolis mira vitória em etapa da Stock Car, no sul do país

    A Stock Car vai acelerar neste final de semana no Autódromo Velopark, em Nova Santa Rita (RS), e o líder do campeonato traça como principal meta manter o primeiro lugar na tabela. Piloto da equipe de Petrópolis AMattheis Vogel, Gabriel Casagrande acumula 128 pontos, um a mais do que o vice-líder Daniel Serra. A disputa promete ser emocionante neste final de semana, com duas etapas sendo disputadas em dias consecutivos.

    Avancini soma pontos para ranking olímpico dos Jogos Paris 2024

    O petropolitano Henrique Avancini fez bonito recentemente na Copa Internacional de mountain bike, em Araxá (MG), quando repetiu no Short Track (XCC) a vitória no XCO (olímpico). Os dois resultados somaram ao todo 110 pontos nos rankings olímpico e mundial. Os pontos são muito importantes, na corrida por vagas para os Jogos Olímpicos de Paris-2024.

    DOIS TOQUES

    Palmeira entra na quadra neste domingo pelo Carioca – O Palmeira entra em quadra neste domingo para enfrentar o Helênico pelo Carioca das categorias sub-9, sub-11 e sub-13, sendo que o primeiro jogo acontece às 11h e será disputado no Helênico, no Rio.

    Apoio às corridas de rua seguirá com atual governo – Em entrevista ao programa Momento do Esporte, pela Tribuna FM, o subsecretário de esportes, André Fernandes, assegurou que o atual governo vai apoiar as corridas de rua no município.

    Últimas