Decreto define regras para a posse de armas, mas não trata do porte

Por: Agência Brasil

Terça Feira, 15 de Janeiro de 2019


Texto: A - A A +
Compartilhar:
imagem noticias
O presidente Jair Bolsonaro citou referendo de 2005, que rejeitou a proibição do comércio de armas de fogo, para justificar a necessidade de decreto que flexibizou a posse de armas no país. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)