Treinos de bocha paralímpica voltam em janeiro com boas expectativas

Por: Redação Esporte

Quinta Feira, 28 de Dezembro de 2017


Texto: A - A A +
Compartilhar:
imagem noticias
Divulgação

A equipe de bocha paralímpica de Petrópolis voltará a treinar no dia 9 de janeiro. Os jogadores que terão compromissos em 2018 vão disputar alguns campeonatos, entre eles o Regional Leste, que vai acontecer durante o mês de março em Vitória, Espírito Santo. O treinador Marcelo Gonçalves, o Marcelão, espera reforçar o elenco com a abertura para novos paratletas que queiram praticar a modalidade.

Recentemente, Marcelão esteve em São Paulo, mais especificamente no Centro de Treinamento Paralímpico, onde aconteceram provas de bocha para atletas locais. Além de técnico do time petropolitano, ele ocupa a função de coordenador esportivo da Região Leste da Ande (Associação Nacional de Desporto para Deficiente), que abrange as regiões Serrana, capital fluminense e Niterói.

Durante o período, aprendeu com a experiência de outros colegas treinadores e quer introduzir inovações técnicas na equipe petropolitana. Por isso, quer começar a aplicação disso a partir do dia 9 de janeiro, quando os aprontos com os petropolitanos recomeçam. O objetivo é trabalhar bastante para fazer bonito no Regional Leste. 

O petropolitano que comanda a equipe da cidade de bocha adaptada, foi convocado no mês passado a integrar a delegação do Comitê Paralímpico Brasileiro no Mundial de natação, que aconteceu no México entre os dias 29 de novembro e 3 de dezembro. Além do reconhecido trabalho com o time municipal de bocha, o “Marcelão” é o responsável por um projeto de ginástica, que conta com o apoio da prefeitura, no Posto de Saú- de da Família (PSF) no São Sebastião, atendendo mais de 120 pessoas.

Leia também Mês de março será de festas no Krav Maga

Todas as academias credenciadas no Brasil, México e Argentina terão programação especial, aberta a quem quiser conhecer a...