Não sabe com quem deixar seu bichinho no Carnaval? Confira opções de hotéis para animais

Por: Luana Motta

Quinta Feira, 08 de Fevereiro de 2018


Texto: A - A A +
Compartilhar:
imagem noticias
Foto: Divulgação

Muita gente gosta de aproveitar o recesso de carnaval para viajar, mas nem sempre o bichinho pode ir junto. Como com qualquer outro membro da família, ficar longe por alguns dias pode ser um motivo de preocupação, e principalmente de saudade, para os tutores. Em Petrópolis, há algumas opções de hospedagem que podem ser uma ótima solução para os pets, e que vão deixar os donos bem mais tranquilos.

Hotéis e hospedagens para animais não são novidade no mercado, mas, ainda assim, muita gente tem receio de deixar porque não conhece bem como funciona. Para ajudar os tutores, visitamos uma hospedagem para contar um pouco de como é o dia a dia destes hóspedes peludos. 

Na Veterinária Be Happy, em Itaipava, são aceitos todos os tipos de animais de estimação: cães, gatos e até animais exóticos ou silvestres. Todos recebem tratamento individual e são muito bem cuidados. Os cães que são sociáveis podem ficar soltos durante o dia na área cercada da hospedagem. São separados por tamanho e temperamento. Podem brincar juntos, o que é ótimo para cães que estão acostumados a passeios e brincadeiras, ajuda a manter a rotina de atividades.

A noite para dormir, todos são separados nos canis. Com exceção dos que já vivem juntos, e caso o tutor peça para que não os separe. Assim como nos hotéis para pessoas, a alimentação também é toda por conta da hospedagem. O animal recebe a ração que já está acostumado, que é indicada pelo tutor quando faz a ficha do animal. Inclusive os cuidados médicos, com remédios, se for necessário. 

Para ajudar na adaptação e amenizar a saudade, a médica veterinária Hazel Hathaway, proprietária da Be Happy, conta que pede aos donos que durmam por, pelo menos, três dias com uma camisa velha, e deixem com o pet enquanto estiver fora, para que ele se sinta mais próximo do dono durantes os dias hospedados.

Os locais que recebem os animais domésticos são locais que devem ter uma equipe preparada para acolher e dar a melhor estadia para os bichanos. Na Be Happy, assim como em outros estabelecimentos, é obrigatório para os animais que vão se ficar hospedados ter a vacinação (dectupla, raiva, bordetella), vermífugos e carrapaticidas em dias.

Mas agora, se você é marinheiro de primeira viagem, separamos algumas dicas para ajudar na escolha do melhor local. A primeira é procure sempre o máximo de informações sobre o estabelecimento. Converse com tutores que já hospedaram seus pets nestes locais para saber como foi a estadia, se o animal de adaptou bem ao lugar. Procure com antecedência, porque muitos ficam cheios nessa época. A Dra. Hazel conta que o período de maior procura são justamente fevereiro, junho e dezembro nas férias.

Baseado nas informações que tem o estabelecimento avalie se seu cão ou gato tem o perfil que se encaixe no lugar. E escolha sempre o que mais combina com ele. Procure saber também se na equipe responsável pelo lugar há um corpo clínico que possa prestar atendimentos de emergência, 24h, caso seja necessário. 

Quanto a alimentação, há outra dica, se preferir leve toda a comida do seu pet para os dias que estiver fora. E não deixe de indicar todos os horários e hábitos de alimentação dele. Trocar a ração durante esses dias fora, pode fazer o animal estranhar e até causar problemas alimentares como vômitos e diarreia. 

Com cuidados básicos, a única preocupação do tutor será aguentar a saudade com a distância.