Hotéis, bares e restaurantes também fazem contratações extras para o Natal

Por: Rebeca Gehren

Quarta Feira, 29 de Novembro de 2017


Texto: A - A A +
Compartilhar:

As vendas no período de natal, depois de quedas consecutivas em 2015 e 2016, devem ter saldo positivo este ano. De acordo com a Federação Nacional dos Sindicatos de Empresas de RH, Trabalho Temporário e Terceirização (Fenaserhtt), as vagas extras no comércio devem aumentar em 10%, subindo para 111 mil. Em Petrópolis, as contratações temporárias já começaram nas lojas do Centro e da Rua Teresa. Com o movimento turístico que deve ser gerado na cidade pela intensa programação de natal promovida pela Prefeitura e pelo Quitandinha, o setor do turismo também tem expectativas de contratação para hotéis, pousadas bares e restaurantes.

A loja da Hering da Rua 16 de Março acaba de contratar 11 funcionários temporários para o mês de dezembro, mantendo o número de contratações extras do ano passado. Com processo seletivo realizado durante todo o mês de novembro, a loja faz na próxima sexta-feira, um treinamento voltado especificamente para as vendas natalinas. “A contratação é para 30 dias, mas sempre há alguns funcionários que se destacam, que acabamos efetivando para o ano seguinte”, disse a gerente Carla Mattos, de 39 anos.

É com isso que pessoas como Ana Carolina dos Santos Ferreira, de 24 anos, estão contando. Desempregada há um ano e três meses, ela espera conseguir um emprego temporário nessa temporada e, quem sabe, ser efetivada ano que vem. “Está difícil mesmo. As vagas exigem muitos cursos, ou muita experiência e, para quem é novo e ainda não teve muitas como eu, fica ainda mais difícil. Por isso, a gente tem que aproveitar essas oportunidades”, disse. 

A Associação da Rua Teresa (Arte) espera que este fim de ano o movimento de clientes dobre em relação a outros momentos do ano e 20 mil pessoas passem pelas mais de 900 lojas do maior shopping à céu aberto da América Latina. A estimativa de contratação extra é de 20% do efetivo, incluindo as vagas em confecções, estamparias e vendas, de acordo com Cláudia Pires, uma das diretoras da Arte. As contratações geralmente duram metade do mês de novembro e o mês inteiro de dezembro. O salário é o piso do comércio (de R$ 1,2 mil) + comissão de vendas. A associação não recebe mais currículos em sua sede. O jeito é ir de loja em loja, já que várias já possuem cartazes anunciando as oportunidades.

Outra ferramenta que pode auxiliar é o site www.cebracempregos.com.br, que tem sido utilizado por empresários em Petrópolis para as contratações. Lá o candidato pode cadastrar seu currículo.


Contratação em restaurantes e hotéis 

O setor hoteleiro também tem expectativa de contratações temporárias. A cidade espera receber um público de 300 mil pessoas nesta temporada devido à programação do Natal Imperial, evento promovido pela Prefeitura, que terá também atrações e espetáculos no Quitandinha. “Caso o movimento se confirme - e, de fato, já começou mais cedo este ano -, hotéis, pousadas, bares e restaurantes também abrirão vagas de emprego temporárias”, afirmou o presidente do Sindicato dos Bares, Hotéis e Restaurantes, Germano Valente.

O período de contratação varia de acordo com o estabelecimento e localidade. De acordo com o sindicato, nos estabelecimentos do Centro, as contratações costumam ser de pelo menos três meses. Nos restaurantes e bares dos distritos, geralmente a contratação ocorre de quinta a domingo, período de maior movimento. Já nos hotéis e pousadas, o contratado costuma ficar até o carnaval. O salário nos restaurantes e hotéis, costuma ser o piso (de R$ 1,3 mil) + 10% de serviço e, nas pousadas e hotéis, o piso (de R$ 1160) + 10% de serviço.

E para os interessados na área do turismo, uma dica: no site www.curriculospetropolis.com.br é possível cadastrar currículos. É lá também que os empresários do setor procuram candidatos. O site, totalmente voltado para a área do turismo, existe há dois anos e foi criado por iniciativa do Conselho Municipal de Turismo e do Sindicato do setor.





Finados: cemitérios esperam receber 20 mil visitan...

Seguindo a tradição de visitar os túmulos dos entes falecidos, na próxima quarta-feira, dia 2 de novembro, comemora-se o D...

Câmara propõe criação de lei que define prazo do I...

Diante de dados da Secretaria Municipal de Fazenda que mostram queda de mais de 80% no número de idosos que reivindicaram a isenç&atilde...

Hugo: tirar recursos da PRF é como dar “um tapa na...

Em pronunciamento durante a Audiência Pública sobre o contingenciamento do orçamento da Polícia Rodoviária Federal,...

Encosta rochosa volta a ficar instável e assusta m...

Moradores do Ingá, na Posse, passaram o fim de semana aflitos, depois que o maciço rochoso que leva o nome do bairro voltou a ter instab...

Polícia apreende pé de maconha do Caxambu

Na tarde deste domingo (11) a equipe da Polícia Militar apreendeu 12 pés de maconha e quatro tabletes da mesma droga, na Rua Almeida Arn...

Expo Petrópolis começa hoje com leilão de cavalos...

A 28ª edição da Exposição Agropecuária de Petrópolis, a Expo 2017, começa hoje com expectativa d...