Faça você mesmo: crie sua máscara de Carnaval em apenas quatro passos

Por: Luana Motta

Quinta Feira, 08 de Fevereiro de 2018


Texto: A - A A +
Compartilhar:
imagem noticias
Foto: Bruno Avellar

Uma tradição de família conseguiu transmitir da avó para a neta o amor e o talento pelos trabalhos manuais. A artista plástica Karina Rebelato conta que aprendeu ainda criança a fazer bordados em vestidos de noiva, como sua avó e mãe faziam. Com o tempo foi aprimorando seu talento, e hoje além de bordados produz acessórios para espetáculos de dança e máscaras de carnaval. Um belo trabalho que ganha destaque principalmente em fevereiro, quanto a maioria das pessoas se preparam para a folia. 

A artesã conta que começou a prática há 3 anos, quando conheceu uma exposição de máscaras de carnaval na Casa de Cultura Cocco Barcante. E foi amor a primeira vista, começou com algumas peças para familiares, e hoje já trabalha atendendo a pedidos de particulares e lojas da cidade. Só para o Baile da Cidade, que acontecerá nesta sexta feira (9), no Petropolitano, produziu cerca de 50 peças. 

Cada peça é única e são produzidas de acordo com o gosto do cliente. Karina conta que costuma receber sugestões, mas não faz reproduções. Os valores variam de acordo com os materiais aplicados, vão de R$ 60 a R$ 150. Algumas mais sofisticadas recebem penas de pavão, plumas e cristais. 

Em Petrópolis, há alguns anos não era realizado um baile de máscaras no carnaval. E por isso, muita gente acabou deixando para a última hora. “Eu comecei a receber encomendas para o baile há uns 20 dias. E acredito que devo receber mais até as vésperas do baile”, disse. 

Mas quem ainda não tem sua máscara de carnaval e quer cair na folia, Karina dá dicas de como improvisar uma com materiais que é possível encontrar em casa.