Dono de terreno em Itaipava é notificado por movimentação irregular de terra

1 semana atrás


Texto: A - A A +
Compartilhar:
imagem noticias
Foto: Divulgação | Tribuna de Petrópolis

O setor de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente notificou o dono de um terreno que realizava a movimentação irregular de terra em uma encosta no Santa Mônica, em Itaipava. No momento da ação, ele não apresentou a documentação necessária para realizar a atividade e tem o prazo de 10 dias para entregar a permissão. Caso contrário, o proprietário pelo espaço será multado. O caso aconteceu na quinta-feira (30.11).

“Para realizar esse tipo de intervenção, é necessário adotar todas as medidas adequadas para que não coloque em risco as propriedades vizinhas, tornando o local uma possível área de risco em virtude de uma intervenção malfeita. É importante a supervisão de um responsável técnico, atestando a viabilidade e segurança dos projetos, além de providenciar as licenças ambientais e de obras”, explica o chefe do setor de fiscalização da secretaria de Meio Ambiente, Miguel Fausto.

Além disso, o setor realizou uma operação contra as queimadas, como forma de prevenir a ação de fiscalização. Os fiscais conversaram com os moradores e orientaram quanto aos riscos da prática. Desde janeiro o órgão atendeu 750 denúncias de crimes ambientais, entre casos de supressão de vegetação, poluição de curso hídrico, contaminação de solo, empresas funcionando sem licença ambiental e queimadas.

“Nossos fiscais foram até Itaipava e Araras conversar com os moradores. O trabalho de conscientização é muito importante, pois enquanto a ação de fiscalização atinge apenas uma pessoa, a conscientização chega a inúmeros moradores, e isso representa o caráter preventivo da fiscalização”, disse Miguel.              

Ao longo da semana, o setor atendeu nove denúncias que chegaram a Secretaria de Meio Ambiente, sendo três casos de queimadas, três de desmatamento, duas de movimentação irregular de terra e uma de contaminação do solo. Os bairros atendidos foram Itaipava, Mosela, Araras e Vale das Videiras.

“Organizamos as denúncias de acordo com às regiões e montamos operações para atendermos a todas as solicitações. Nosso objetivo é reduzir o número de casos e, ao mesmo tempo, promover a educação ambiental, mostrando a importância de se preservar e cuidar do Meio Ambiente”, explica Fred Procópio, secretário de Meio Ambiente, destacando o apoio da população com as denúncias.

“A participação da população em denunciar as condutas e atividades consideradas lesivas à natureza é fundamental para as nossas ações, otimizando o trabalho da fiscalização garantindo a devida proteção ao Meio Ambiente”, completa o secretário.

As denúncias de crimes ambientais podem ser feitas para a Secretaria de Meio Ambiente através dos telefones: (24) 2233-8180 e (24) 98828-8633.